Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Não aceitarem meu eu foi o ponto final, desabafa Lucas Penteado

Após desistir do BBB, artista falou sobre as situações que viveu, chamou Nego Di de "oportunista assustador", mas ponderou: "sou um cara que junta e acolhe"

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 9 fev 2021, 18h02 - Publicado em 9 fev 2021, 12h27

O ex-participante do BBB, Lucas Penteado, foi ao programa Encontro com Fátima Bernardes nesta terça-feira (9) para comentar as situações que passou no programa da Rede Globo. Conhecido também como Koka, afirmou que não o aceitarem como ele é foi o que o motivou a deixar o programa.

“A não aceitação de um eu, que não era público, por um semelhante, foi avassaladora. Foi o ponto final. Tinha sentido uma energia ruim na casa. O prêmio é maravilhoso, mas se é para jogar da forma que outras pessoas estavam jogando, eu não ia participar”, afirmou o jovem de 24 anos. “Eu entrei no BBB e me senti seguro. O lado de fora era violento, existe essa doença enorme. Eu entrei me sentindo seguro para ser quem eu sou, mas vi uma pressão igual do lado de fora”.

O programa repassou a cena do BBB21 em que Lucas pede um conselho a Lumena após ele revelar sua bissexualidade e beijar Gilberto, mas não é respondido. Questionado sobre qual conselho seria, ele conta que iria perguntar sobre a coragem dela. “O conselho que eu ia pedir: ‘o que eu faço quando sair? O que você faz para ser tão corajosa? Você é uma mina preta, de quebrada, assumida’. Foi a primeira bandeira que ela levantou. Onde eu encontro essa coragem pra enfrentar essa realidade?”. 

Em relação a ela ter interpretado as ações de Lucas como parte de um jogo, ele acredita que eles irão conversar sobre isso depois. “Só para explicar o acontecimento: independente da opressão que nós vivemos, também existe a reprodução dessa opressão. Houve um julgamento da parte dela. Imagino que quando ela sair, ela vai conversar comigo. A pressão do jogo fez com que ela pensasse assim”. 

Lucas também comentou sobre Nego Di, com quem ganhou duas provas em dupla, mas se distanciou depois de discussões e acontecimentos na casa. “Sobre o Nego Di eu não preciso fingir, ele é um jogador excepcional, mas um oportunista assustador. Ele me magoou muito. Mas eu sou um cara que junta e acolhe”, começa explicando. “Quando colocamos várias pessoas brigando por R$ 1,5 milhão, elas deixam os princípios de lado. Eu não vou deixar os meus”.

Ele afirmou que irá também tentar conversar com Di sobre o assunto e sobre outras questões, como o episódio em que o humorista acusou Koka de “defender vagabundo”. “É meu lugar como militante falar com ele”, explica o ator. 

Relação com Projota e Karol

Fátima também perguntou para Lucas Penteado sobre a visão que ele tinha dos outros dois participantes que vem sofrendo alta rejeição das redes sociais, Karol Conká e Projota. No entanto, ele disse que não iria comentar agora. 

“Existem muitas leituras sobre os acontecimentos, a população tem sua opinião. Queria que eles saíssem e refletissem sobre isso. Já o Nego Di sabe exatamente o que tá fazendo”, explica.  Lucas foi um dos principais alvos dos dois artistas na casa.  “O Brasil todo espera que seja uma estratégia muito errada deles”, conclui. 

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

  • Continua após a publicidade
    Publicidade