Jovem chama atenção no Facebook ao homenagear avó com Alzheimer

Leonardo Martins, que mora com a família em São Paulo, decidiu tatuar a carta que recebeu de Lurdes Moraes, de 85 anos, quando ingressou na faculdade

O estudante de jornalismo Leonardo Martins, de 19 anos de idade, está chamando muita atenção na internet por um motivo especial: na segunda (7), o rapaz compartilhou em seu Facebook a história da tatuagem que fez para homenagear a avó materna, diagnosticada recentemente com Alzheimer, doença neurológica que provoca demência e perda de memória.

Para a tattoo, o jovem escolheu uma carta que recebeu de Lurdes Moraes, de 85 anos, em 2016, quando ele entrou na faculdade. “Eu já tinha a ideia de fazer essa homenagem para a minha avó. Mas quando descobrimos que ela tinha Alzheimer, com sintomas fortes, não pensei duas vezes e tatuei a carta. Ela é muito significativa para mim, foi a dona Lurdes quem me criou. Meus pais trabalhavam e não paravam“, revelou o rapaz ao Jornal EXTRA.

O desenho foi feito há duas semanas pelo tatuador Drew Araújo. O jovem compartilhou o resultado da sessão — e a história do desenho — em uma bonita homenagem publicada no Facebook, onde o registro já acumula mais de 320 000 reações e foi compartilhada outras 136 000 vezes. Confira: 

O arroz foi queimado mais vezes, as comidas ficando sem sal. Alguma coisa tinha, a vó esqueceu até a idade outro dia. Há dois meses, deu um branco no horário de tomar os cinco remédios que ela toma, até chorou de desespero. Ela está mais quietinha, tadinha, quer ficar o dia todo no quarto dormindo. Tudo terminava em ‘tô meio esquecida hoje’“, diz o texto publicado pelo jovem. “A vó sempre cuidou de tudo e todos, morava com a gente em casa, mas o ambiente começou a semear a sensação de estranheza. O sofá, que dividimos durante 19 anos, foi ficando cada vez mais estranho, menos confortável. Nem a Kátia Fonseca e o Cesar Tralli, ídolos da vó, salvavam a tarde“. Após fazer a tattoo, Leonardo surpreendeu a avó. Assista: 

O rapaz, então, revela como foi o diagnóstico da avó e como a família, que mora na cidade de São Paulo, lidou com a notícia: “Eu odeio quando as pessoas estabelecem validade às coisas. E não acredito que fizeram isso com você, vó!“. Ele também revela como está lidando com a situação: “Hoje ligo mais vezes para ela, vejo-a toda semana. Fazer isso é reciprocidade aos 18 anos que ela viveu comigo. E foi ano passado que a vó escreveu essa carta para mim, quando entrei na faculdade. Eu fiquei com medo de perder, acho que agora não perco mais“.

Rezo para que esse mal não te abrace com ânsias, vó. Tudo o que precisamos está bem pertinho de nós. Tão pertinho que eu consigo até sentir o toque da pele fina da sua mão no meu rosto só de fechar os olhos. Que gostoso o seu abraço, vó. Nem consigo mais lembrar o que queria dizer com isso tudo. Para você ver, acho que eu que tô meio esquecido hoje!“.

Dê sua opinião: E você, o que achou da homenagem de Leonardo? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s