Clique e assine com até 89% de desconto
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Faustão perde a paciência ao comentar tema de fim de ano da Globo

"Não tenho cara de pau de cantar isso", desabafou Fausto Silva no "Domingão do Faustão" deste domingo (11)

Por Redação VEJA São Paulo 12 mar 2018, 10h09

Fausto Silva escolheu a primeira parte do programa Domingão do Faustão deste domingo (11) para criticara política no Brasil. O desabafo aconteceu após o DJ Marlboro tocar o “Rap da Felicidade” durante o quadro “Ding Dong”: “Sou carioca e fiquei emocionadíssima de tocar essa música hoje aqui. Estamos vivendo no Rio uma situação inacreditável de intervenção no Rio, a faixa de gaza no Brasil, e se a gente não resolver…“, disse a atriz Fernanda Torres antes de ser interrompida pelo apresentador.

Faustão perde a paciência e faz comentário “sincerão” sobre tema de fim de ano da Globo

Isso já está acontecendo em outros lugares do Brasil, não é exclusividade do Rio de Janeiro. Realmente a situação é pior lá, mas como o poder público é incompetente e corrupto, ele não passa ao público, não sabe comunicar, nem mesmo essa Reforma da Previdência, que é necessária, eles são tão imbecis que não sabem comunicar!“, desabafou Fausto Silva. “Nesse caso fica passando que é só no Rio, não é não. Vai no interior de São Paulo, em Fortaleza, no Nordeste, a situação é geral. O país está ao Deus dará há muito tempo. Por isso tem que ter essa consciência. Essa música é de 1995, desde essa época todo mundo clamando felicidade!” — clique aqui para assistir ao desabafo.

  • A revolta foi tanta que sobrou até para o tema de fim de ano da Rede Globo: “Por isso eu encho o saco de falar, eu não canto mais essa porr* de ‘hoje é um novo dia…’. Aqui na Globo eu não canto mais, não é novo dia porr* nenhuma! O dia que tiver, eu volto aqui. Não tenho cara de pau de cantar isso“, disse sobre o tema de esperança.

    O apresentador encerrou o assunto mandando um novo recado aos governantes: “Hoje é o grito de desespero, de uma sociedade que não conta com poder público. O Brasil é o único lugar que o governo não faz nada por você, ele rouba você. Tem que mudar!“, exclamou. Confira a repercussão:

    Dê sua opinião: E você, o que achou do desabafo de Fausto Silva? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook.

    Continua após a publicidade
    Publicidade