Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

O “encontro” de uma brasileira com um guaxinim em Miami terminou mal

"Que o que aconteceu comigo não aconteça com mais ninguém", disse a arquiteta Dani Guardini no Instagram após o susto

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 5 fev 2020, 13h55 - Publicado em 26 jul 2018, 16h14

A brasileira Dani Guardini surpreendeu os mais de 25 000 seguidores no Instagram nesta quarta (25): no Instagram Stories, a arquiteta, que mora em Miami, nos Estados Unidos, mostrou o primeiro encontro com um guaxinim na cidade americana — e foi surpreendida pelo mamífero. “Chegando aqui para almoçar num restaurante brasileiro aqui em Miami e eu vou mostrar para vocês o bichinho que estava na porta e que eu acabei de ver“, explicou a profissional no Instagram Stories.

Olha o que que é morar em Miami, olha o bichinho que está ali ó, como chama isso? Guaxinim? Quem sabe o nome? Gente, ele é enorme. Olha que tamanho!“, diz Dani no registro. Ao se aproximar do guaxinim, no entanto, a arquitetura flagrou o momento em que foi “atacada” pelo mamífero — nos Estados Unidos, guaxinins são quase pragas, infestando os centros urbanos americanos. “Gente, eu vou ter que contar para vocês, depois daquele vídeo, olha isso, aquele bicho me atacou, eu tô indo para o hospital…“, desabafou, em post que já tem mais de 100 mil visualizações.

Após a repercussão da história, Dani fez um alerta no Instagram: “Acho importante divulgar. Se eu soubesse que era perigoso e que poderia atacar sem motivo, não teria passado por isso. Que o que aconteceu comigo não aconteça com mais ninguém. Alertem principalmente as crianças, pois ele parece fofinho, mas pode ser bastante violento, principalmente durante o dia, já que é um animal noturno. Esse guaxinim me atacou sem eu ter feito nenhuma ameaça nem me aproximado dele. Isso foi o que mais me impressionou, essa agressividade gratuita. Fui para o hospital e precisar tomar várias vacinas, além de antibiótico. Espero que sirva de alerta!“. Assista: 

View this post on Instagram

Acho importante divulgar…. Se eu soubesse que era perigoso e que poderia atacar sem motivo, não teria passado por isso. Que o que aconteceu comigo não aconteça com mais ninguém. Alertem principalmente as crianças, pois ele parece fofinho, mas pode ser bastante violento, principalmente durante o dia, já que é um animal noturno. Esse Raccoon – Guaxinim me atacou sem eu ter feito nenhuma ameaça nem me aproximado dele… Isso foi o que mais me impressionou…. essa agressividade gratuita… Fui para o hospital e precisei tomar varias vacinas além de antibiótico…. Espero que sirva de alerta!!! #raccoon #cuidado #compartilhe

A post shared by Arq Dani Guardini (@daniguardini) on

Dê sua opinião: E você, o que achou do alerta de Dani Guardini? Deixe seu comentário e aproveite curtir a nossa fanpage no Facebook!

Continua após a publicidade

Publicidade