Clique e assine com até 89% de desconto
Poder SP Por Sérgio Quintella Sérgio Quintella é repórter de cidades e trabalha na Vejinha desde 2015

Assessoria desmente vídeo íntimo atribuído a João Doria

Imagens mostram homem participando de orgia ao lado de cinco mulheres

Por Sérgio Quintella Atualizado em 23 out 2018, 16h03 - Publicado em 23 out 2018, 15h13

A campanha do candidato a governador João Doria, do PSDB, desmentiu que o político seja o homem que aparece em vídeos participando de uma orgia ao lado de cinco mulheres. As imagens viralizaram nesta terça (23) em redes sociais.

Segundo apurou VEJA SÃO PAULO, as cenas, que circulam desde a hora do almoço pelo WhatsApp, foram vistas pelos aliados do tucano e recebidas com perplexidade. “Um total absurdo e um jogo baixo dos nossos adversários”, disse um assessor que pediu para não ser identificado.

Outro aliado do ex-prefeito afirmou que o caso será levado à Justiça e que uma perícia atestará a falsidade das imagens. Procurado, João Doria não se pronunciou oficialmente.

Em nota, a assessoria de imprensa do governador Márcio França (PSB) diz que repudia qualquer envolvimento do candidato na divulgação das imagens. “A assessoria de imprensa da campanha do candidato Márcio França ao governo de São Paulo repudia de forma veemente a acusação feita pelo candidato João Doria de envolvimento na divulgação de um vídeo que circulou nesta tarde (23), nas redes sociais. A denúncia é tão grave quanto a violência da qual João Doria é vítima. Márcio França repudia esse tipo de campanha, as fake news, as montagens e as falsificações e, acima de tudo, qualquer tipo de ataque pessoal a quem quer que seja”

Continua após a publicidade
Publicidade