Ex-funcionários do Bar do Giba abrem a Cachaçaria Ouro Verde

Manoel Cícero e Léo Gomes da Silva, que trabalharam no estabelecimento de Moema por mais de uma década, inauguram botequim na Mooca

Dois ex-funcionários do Bar do Giba — o melhor boteco da cidade pelo guia VEJA COMER & BEBER 2017/2018 — acabam de conquistar o sonho do botequim próprio. Abriram, no último dia 21, a Cachaçaria Ouro Verde, na Mooca (Rua do Oratório, 1750).

Os dois novos empresários são Manoel Cícero (ex-barman) e Léo Gomes da Silva (ex-garçom), que trabalharam para o tradicional boteco de Moema por 13 anos cada um. Na afinação do negócio, a dupla se juntou a Carlos Fernandes, responsável pela administração, e, para compor a equipe, convidaram o cozinheiro Roberto de Souza, com duas décadas de Giba.

Bar do Giba O ambiente do Bar do Giba: onde tudo começou

O ambiente do Bar do Giba: onde tudo começou (Mario Rodrigues/Veja SP)

Uma curiosidade: Manoel é irmão de Chiquinho Pascifal, outro ex-funcionário célebre de Gilberto Turibus, o dono do Bar do Giba. Chiquinho ganhou fama ao montar, em 2012, o Bar Quintal na Mooca, que também já foi premiado pelo COMER & BEBER e fica a cerca de 400 metros da nova Cachaçaria Ouro Fino.

O espaço
Instalada na esquina com a Rua Isabel Dias, a casa faz o estilo boteco rústico e limpinho. Tem paredes de tijolo à mostra e móveis de madeira, com mesinhas na calçada. A capacidade é para oitenta clientes.

De beber
Há cerca de oitenta rótulos de cachaça, nem todos listados na carta. “Temos variedades de quase todos os estados”, afirma Manoel. São sugestões como as paribanas Serra Limpa (11,90 reais) e a Volúpia Ouro (16,90 reais). Além disso, são servidas quatro variedades de chope (sem marca fixa) e cervejas como a IPA Dogma Touro Sentado (28,90 reais, 350 mililitros). A long neck de Heineken custa 7,50 reais. Responsável pelas caipirinhas do Bar do Giba, Manoel prepara uma de manga, carambola e maracujá com vodca (22,90 reais).

Para comer
Cozinheiro do Bar do Giba por anos, Roberto de Souza criou um cardápio de clássicos de boteco. Pastéis (4,90 a unidade), pancetta carnuda frita (19,90) e mocofava (31,90 reais o grande), um mix de caldo de mocotó e fava, não faltam por lá. Os funcionários indicam ainda o bolovo (6,90 reais).

A Cachaçaria Ouro Verde funciona entre 17h30 e 1h. Fecha às terças.

Me escreva no e-mail saulo.yassuda@gmail.com. Siga minhas novidades no Instagram @sauloy.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s