Clique e assine por apenas 5,90/mês
Blog do Miguel Por Miguel Barbieri Jr. Fique por dentro das melhores dicas de filmes e séries.

Dois filmes exibidos no Festival de Berlim que valem a locação no NOW

O Chão sob Meus Pés e O Conto das Três Irmãs tiveram suas estreias canceladas nos cinemas

Por Miguel Barbieri - 15 out 2020, 14h28

O Festival de Berlim é um dos mais importantes do mundo e dois filmes, exibidos na edição de 2019 e que iriam estrear nos cinemas, chegaram ao NOW. E valem a locação!

O Chão sob Meus Pés > Vem se falando muito da síndrome de burnout, sobretudo após o home office ser estabelecido na pandemia. Esse estado de stress e estafa profissional é o tema do drama austríaco Lola (Valerie Pachner) trabalha na Alemanha, mantém um relacionamento amoroso secreto com sua chefe e esconde que sua irmã mais velha, diagnosticada com esquizofrenia paranoide, está internada numa clínica psiquiátrica. Consultora de negócios, ela tem uma agenda repleta de reuniões e compromissos. Além de achar que está sendo prejudicada por um colega, a executiva recebe telefonemas da irmã implorando por socorro. Mas será que tudo isso está de fato ocorrendo? Entre situações reais e imaginárias, o roteiro confunde o cotidiano da protagonista para, justamente, expor os limites da mente.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

O Conto das Três Irmãs > Milagre na Cela 7 fez sucesso na Netflix no início da pandemia, mas o cinema turco, porém, tem filmes muito melhores, como esse registro acurado sobre um remoto vilarejo na Anatólia. Na trama, Sevket (Müfit Kayacan) é um patriarca viúvo que tem três filhas. A primogênita (Cemre Ebuz­ziya), mãe de um bebê, casou-se com um grosseiro pastor de ovelhas. Na mesma casa, há a caçula, Havva (Helin Kandemir), e, de surpresa, Nurhan (Ece Yüksel) regressa ao lar. Ela trabalhava como doméstica na casa do doutor Necati e foi devolvida ao pai. São três gerações de mulheres que tentam escapar da autoridade machista. A mais velha fala abertamente de sexo enquanto o companheiro dela implora ao médico por um emprego “na cidade”. A locação explicita que a Turquia parou no tempo. Mas camponeses fazem movimentos para mudanças e avanços.

Quer me seguir nas redes sociais? Anote: 

Facebook: facebook.com/paginadoblogdomiguel
Twitter: @miguelbarbieri
Instagram: miguelbarbieri
YouTube: Miguel Barbieri Jr. 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade