Farol Santander inaugura mostra imersiva de Tarsila do Amaral

Exposição com 490 metros quadrados será dividida em sete ambientes temáticos e fica em cartaz até fevereiro de 2020

Na terça-feira, dia 26 de novembro, o Farol Santander inaugura a mostra Tarsila para Crianças. Dividida entre os pisos 19 e 20 do prédio, as sete estações temáticas totalizam cerca de 490 metros quadrados. Não há, no entanto, nenhum quadro original de Tarsila do Amaral.

A exposição imersiva tem projeto assinado pela YDreams Global e curadoria da sobrinha-neta Tarsilinha, Patrícia Engel Secco e Karina Israel. Recursos cenográficos, como almofadas e lustres, são usados para dar ao visitante a sensação de caminhar entre as obras.

Você encontrará quatro estações no vigésimo andar do Farol Santander. A primeira delas, Vila dos Sentidos, remete à infância da artista na fazenda em São Bernardo. Com inspiração no quadro A Feira, há quatro casinhas rodeadas por cestos de frutas. Em cada uma delas, está uma característica marcante da infância da pintora, como seu quarto com caixinha de música, a sala de estar com piano, fotos de família e seu perfume favorito. No segundo ambiente, inspirado em A Cuca, o público encontra projeções dos seres imaginários da obra. Também estão nesse andar áreas inspiradas em Cartão Postal, Urutu, O Touro e Floresta. Este último tem uma versão tátil, pensada para pessoas com deficiência visual.

Espaço ‘Jardim Afetivo’, no 19º andar do farol: animações e sons remetem aos quadros ‘O Sapo’, ‘Estação de Ferro’, ‘A Boneca’ e ‘Passagem com Touro I’

Espaço ‘Jardim Afetivo’, no 19º andar do farol: animações e sons remetem aos quadros ‘O Sapo’, ‘Estação de Ferro’, ‘A Boneca’ e ‘Passagem com Touro I’ (Divulgação/Divulgação)

No andar de baixo, há mais três ambientes. O primeiro deles, o Jardim Afetivo, utiliza animações e sons que remetem aos quadros O Sapo, Estação de Ferro, A Boneca e Passagem com Touro I. Alguns dos sons utilizados são os ruídos da estação de ferro, da caixinha de música, o coaxar do sapo e barulho de grilos.

O gigante Abaporu divide espaço com as obras Sol Poente e A Lua, em uma sala repleta de cactos cenográficos e flores holográficas. O cenário do Sol Poente é pensado para boas fotografias, com diversos pufes espalhados em frente a uma série de círculos laranjas concêntricos. Nessa sala também há o espaço Papo Com Abaporu, com dois totens touchscreen com perguntas que poderão ser respondidas pelo enigmático personagem via inteligência artificial, através da plataforma IBM Watson.

Espaço ‘Sol Poente’, no 19º andar: pensado para fotografias

Espaço ‘Sol Poente’, no 19º andar: pensado para fotografias (Divulgação/Divulgação)

A mostra deve ficar em cartaz até 02 de fevereiro de 2020, e os ingressos podem ser comprados no site por R$ 25,00. Vale lembrar: a recente exposição Tarsila Popular, em cartaz entre abril e julho no Masp, foi um sucesso de público e gerou grandes filas em frente ao museu, caso que pode se repetir por aqui.

Farol Santander

  • Rua João Brícola, 24, CentrO
  • Telefone: 3553-5627
  • Terça a domingo, 9h às 20h
  • R$ 25,00
  • De 26 de novembro a 02 de fevereiro
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s