Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Últimas de São Paulo Por Blog Notícias quentes e bastidores da cidade

Vídeo de bate-boca sobre cotas para negros em universidades durante aula na USP repercute no Facebook

Com mais de 1 milhão de visualizações, um vídeo registrado dentro da USP tem repercutido nas redes sociais. A cena, gravada por um aluno pelo celular, mostra estudantes negros tentando discutir as cotas para negros em universidades ao longo de uma aula de microeconomia na FEA (Faculdade de Economia e Administração). + Enquete: Você é a favor de […]

Por Thiago Ramaciotti Atualizado em 26 fev 2017, 18h18 - Publicado em 19 mar 2015, 20h01

debate

Com mais de 1 milhão de visualizações, um vídeo registrado dentro da USP tem repercutido nas redes sociais. A cena, gravada por um aluno pelo celular, mostra estudantes negros tentando discutir as cotas para negros em universidades ao longo de uma aula de microeconomia na FEA (Faculdade de Economia e Administração).

+ Enquete: Você é a favor de cotas para negros em universidades?

+ Justiça determina paralisação das obras de ciclovias

Durante a fala dos alunos, que começam falando para dar “uma olhadinha na sala” para perceber a grande diferença de cor, a professora os interrompe para dizer que precisa dar aula e a discussão seria mais apropriada em outro momento.

Diante da insistência dos estudantes, o dono do celular que grava a situação pede ao grupo que “marque um horário para discutir” a questão, em vez de “ficar falando baboseiras”. Ele ainda afirma que basta estudarem para entrar no curso, que eles não precisam “se vitimizar” e que “não se diferencia” dos alunos negros pela cor da pele.

Continua após a publicidade

A discussão se intensifica quando uma das integrantes do coletivo que pedia espaço manda um dos presentes “calar a boca quando o oprimido estiver falando”. A partir de então, vários outros presentes negros se pronunciam sobre a questão racial na universidade.

+ Confira as últimas notícias 

O vídeo, que tem 16 minutos, termina com o grupo saindo da sala. O autor da gravação mostra o rosto no final da cena e diz que “a USP já tem cotas” e que isso “vai acabar diminuindo a qualidade do ensino”.

Procurados, o Núcleo de Consciência Negra da USP e a direção da FEA não se manifestaram até o fechamento desta reportagem.

Veja o vídeo:

//

Publicação by Quebrando o Tabu.
Continua após a publicidade

Publicidade