Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Bom Trabalho Por Blog Dicas de como resolver dilemas profissionais e acelerar sua carreira

Perdeu o emprego? Seis passos para voltar ao mercado de trabalho o mais rápido possível

 Aproveite o momento para se conhecer melhor – Faça uma retrospectiva de seu período na empresa, liste os pontos de destaque e os pontos onde poderia ter ido melhor. Pergunte ao seu antigo gestor ou ao RH dicas sobre como melhorar seus pontos de desenvolvimento. Faça um upgrade do seu currículo – Um bom CV […]

Por sergioluz Atualizado em 26 fev 2017, 10h41 - Publicado em 19 ago 2016, 13h48

carteira

 Aproveite o momento para se conhecer melhor – Faça uma retrospectiva de seu período na empresa, liste os pontos de destaque e os pontos onde poderia ter ido melhor. Pergunte ao seu antigo gestor ou ao RH dicas sobre como melhorar seus pontos de desenvolvimento.

Faça um upgrade do seu currículo – Um bom CV não tem mais que uma página e meia. Comece por formação (cursos de especialização, idiomas etc.), passando por principais realizações e projetos, promoções recebidas, tamanho de estrutura que você lidera. O ideal é manter o documento atualizado a cada seis meses. Passado esse período, caso você chegue à conclusão de que não há uma linha sequer para acrescentar, acenda o sinal amarelo. Isso significa que você não está saindo do lugar e corre o risco de entrar para  lista dos dispensáveis da empresa.

Turbine o seu perfil – Mark Zuckerberg, criador do Facebook e um dos homens mais ricos do mundo, lista como prioridade em sua vida a realização de ao menos um curso por mês, independente do tema. O importante é aprender, SEMPRE.  Quem está desempregado não pode alegar falta de tempo livre, mas costuma arrumar uma outra desculpa, que é a necessidade de economizar. Isso também não cola. Utilize os sites de ensino a distância, que possuem excelentes cursos para todos os gostos, e são gratuitos.  Nos Estados Unidos, a Universidade de Harvard ( https://www.edx.org/school/harvardx) e o o Massachusets Institute of Technology ( https://www.edx.org/school/mitx) oferecem esses serviços. No Brasil, a FGV é uma boa opção (http://www5.fgv.br/fgvonline/Cursos/Gratuitos).

Treine para as entrevistas – Construa uma apresentação sobre sua história profissional, elencando os principais projetos e realizações, citando seus pontos fortes (e os fracos!), apresentando evidências sobre cada um. Nesse roteiro, inclua ainda os próximos objetivos de carreira. Treine o seu discurso no espelho diariamente, e ao sentir confiança, use amigos como cobaias e, na última etapa, faça o mesmo teste com os conhecidos no mundo profissional, pedindo sempre feedbacks sobre como aprimorar o discurso.

Aumente as suas chances –Mais importante do que disparar mensagens para todos os lados em ferramentas como o Linkedin é traçar uma estratégia. Nesse momento, executivos importantes são bombardeados com dezenas de mensagens por dia de pessoas desempregadas. Faça diferente para se destacar em meio à multidão. Envie e-mails PERSONALIZADOS para essas pessoas, pedindo uma oportunidade para se apresentar, e o mais importante, COMO VOCE ACHA QUE PODE AJUDAR.

Transforme a sua recolocação em um projeto profissional – Pela minha experiência, o processo será mais rápido dependendo da intensidade colocada pelo profissional. Assim, quanto mais contatos realizados, maiores as chances de ser lembrado para participar de processos seletivos.

Continua após a publicidade
Publicidade