Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Luiz Henrique Ligabue – Rabo de Galo Por Blog Avaliações de bares e botecos, cervejas, receitas de drinques e mais Tags: bares, botecos, cervejas, drinques, drinks.

O Virtuose Negroni

Meu amigo Thomaz, um cara bom de bico (nariz e boca afiados), prosa (com um papo de fazer inveja a mineiros) e verso (escreve um português como poucos), com anos e vasta quilometragem nos prazeres comestíveis e bebíveis dessa vida, notou que cidade afora andam desvirtuando um dos clássicos da coquetelaria internacional. O teu, o […]

Por Leonam Bernardo Atualizado em 27 fev 2017, 00h09 - Publicado em 21 set 2013, 05h47

Não, não é o do SubAstor. Foto: Lucas Lima

Meu amigo Thomaz, um cara bom de bico (nariz e boca afiados), prosa (com um papo de fazer inveja a mineiros) e verso (escreve um português como poucos), com anos e vasta quilometragem nos prazeres comestíveis e bebíveis dessa vida, notou que cidade afora andam desvirtuando um dos clássicos da coquetelaria internacional. O teu, o meu, o dele, o nosso, o vosso e santificado NEGRONI que estás no céu e nos copos de outrora já não é mais o mesmo.

Rabo de Galo, que já nasceu com nome e vocação etílica, foi recorrer a um competente jovem de San Severo, na Puglia, que dá expediente em São Paulo, batizado Fabio La Pietra, para reconstruir a história desse coquetel florentino nascido na cabeça do Conde Camillo Negroni lá no idos 1919.

A história. O drinque descende diretamente do coquetel Milano/Torino: partes iguais de Campari (um produto de Milão) e Vermouth Martini Rosso (de Torino). Aí entram na conversa os turistas no début du siecle XX e a água com gás. Vira, então, o  Americano (olha eles aí, estão em todas mesmo). O meritíssimo Conde Negroni chega trazendo gim da Inglaterra e pedindo, sempre em terceira pessoa (como um verdadeiro nobre, para o qual o mundo sempre gira em torno de seu próprio umbigo), ao barman Fosco Scarselli, “um americano à la Negroni”. Pronto. Temos os primórdios da receita e um belo conto de bar.

A receita D.O.C. (Denominazione di origine controllata)  by Fabio La Pietra, titular do SubAstor.

Ingredientes:

30 ml de Campari

Continua após a publicidade

30 ml de vermute Rosso

30 ml de Gim ( No. 3 London Dry de preferência. Bombay e Berfeater, não fazem feio também)

1 fatia de laranja

gelo

Preparo:

Encha um copo baixo com gelo e a rodela de laranja. Adicione os ingredientes e mexa. Sirva imediatamente.

Variação: use um mixing glass e gire rapidamente o drinque. Rápido, viu! Não é para diluir o Negroni.

Continua após a publicidade
Publicidade