Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Arte ao Redor Tatiane de Assis é repórter da Veja SP. Acredita que as artes visuais podem aproximar pessoas e descortinar novas facetas da vida.

David Magila participa da 21ª edição da Bienal de Cerveira

Ele apresenta na mostra a obra Frequentes Conclusões Falsas 34 (2017)

Por Tatiane de Assis Atualizado em 20 ago 2020, 19h19 - Publicado em 21 ago 2020, 06h00

O artista paulista David Magila participa da 21ª edição da Bienal de Cerveira, em Portugal. Ele apresenta na mostra a obra Frequentes Conclusões Falsas 34 (2017).

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

“Esse trabalho nasceu de uma série de fotos que fiz em um espaço no interior de São Paulo que serviu à recreação, mas é agora um ferro-velho”, elucida o artista. Magila coloca na cena objetos e móveis em diferentes perspectivas. A Bienal de Cerveira segue até 31 de dezembro e conta com um passeio virtual em tinyurl.com/y68l4z8f.

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 26 de agosto de 2020, edição nº 2701.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade