Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 29 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

O novo restaurante italiano da Praça Vilaboim

O Vicoboim, aberto nesta quarta (27), funciona no mesmo ponto que já foi do The Fifties e, mais recentemente, do Toro Burger

Por Arnaldo Lorençato Atualizado em 27 nov 2019, 18h56 - Publicado em 27 nov 2019, 18h27

Há quem se lembre com saudade dos primeiros restaurantes a fazer sucesso na Praça Vilaboim. Um dos pioneiros foi o Caffè Ristoro Romano (1987-2001), que ficava no número 63 da charmosa pracinha. Muito frequentado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, deixou saudade pela qualidade da comida e pelo expresso bem tirado.

Nesta quarta (27), pinta mais um representante da Itália por lá: o Vicoboim. A nova casa fica no número 77, o mesmo ponto que por anos pertenceu ao The Fifties e, mais recentemente, era ocupado pela hamburgueria Toro, transferida para a Vila Olímpia em julho passado, antes mesmo de completar um ano de sua inauguração.

Witer: retorno a São Paulo depois quatro anos em Trancoso Divulgação/Divulgação

Para montar o restaurante com 70 lugares no imóvel com três pavimentos, o casal de sócios Ediangeli Rossi e Julio Iuliano calcula ter investido 2 milhões de reais. Foram três meses de reforma até que ficasse pronto para abrir as portas. O fogão está nas mãos de Igor Witer, que passou por casas como o La Tambouille, de culinárias francesa e italiana, e até um restaurante praiano em Portugal.

Pato confitado com risoto de brie: companhia para um dos quase 100 rótulos da adega Divulgação/Divulgação

Iuliano, que cresceu na Mooca dentro da pizzaria do pai, sugeriu que o cardápio fosse italiano. “Tinha muita vontade de preparar receitas clássicas como as que fazia no La Tambouille”, diz Witer, que passou os últimos quatro anos tralhando em Trancoso, no Jacaré do Brasil. “Queria que as pessoas saboreassem um bom nhoque. O meu vem com creme de trufa, fonduta de queijo fontina e pancetta crocante.” Essa massa custa 58 reais.

O menu traz ainda pedidas como a coxa de pato confitado ao molho de laranja e alecrim na companhia de risoto de queijo brie (86 reais). Para complementar o reduzido número de opções, há sugestões do dia e um menu executivo servido no almoço durante a semana por 59 reais.

Salão com pé-direito alto em três pavimentos: capacidade para 70 pessoas Divulgação/Divulgação

Com um pé direito de quase 8 metros, a casa dispõe ainda de uma adega para 330 garrafas de vinho. São quase 100 rótulos, parte deles italiana.

A conferir.

Vicoboim
Praça Vilaboim, 77, Higienópolis, tel. 2659-4840.
12h/15h30 e 19h/0h; sexta jantar até 1h; s
ábado sem intervalo até 1h; domingo sem intervalo até 23h.

Confira o cardápio:

Divulgação/Divulgação

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Valeu pela visita! Para me seguir nas redes sociais, é só clicar em:
Facebook: Arnaldo Lorençato
Instagram: @alorencato
Twitter: @alorencato

Para enviar um email, escreva para arnaldo.lorencato@abril.com.br

Caderno de receitas:
+ Fettuccine alfredo como se faz em Roma
+ O tiramisu original
+ O melhor petit gâteau do Brasil

E para não perder as notícias mais quentes que rolam sobre São Paulo, assine a newsletter da Vejinha

Continua após a publicidade
Publicidade