Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 29 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Varanda tem safras antigas de Don Melchor

Para quem é fã do tinto Don Melchor, um dos vinhos top produzidos pela gigante chilena Concha y Toro, há uma seleção de quatro antigas safras na premiada churrascaria Varanda. Mas é preciso estar disposto a gastar bastante. Há apenas três garrafas de cada ano, duas delas na matriz do Itaim Bibi e a restante […]

Por Arnaldo Lorençato Atualizado em 27 fev 2017, 10h48 - Publicado em 18 Maio 2013, 01h10

Um dos vinhos top da Concha Y Toro: apenas três garrafas de cada safra (Foto: divulgação)

Para quem é fã do tinto Don Melchor, um dos vinhos top produzidos pela gigante chilena Concha y Toro, há uma seleção de quatro antigas safras na premiada churrascaria Varanda. Mas é preciso estar disposto a gastar bastante. Há apenas três garrafas de cada ano, duas delas na matriz do Itaim Bibi e a restante na loja do Shopping JK Iguatemi.

As mais antigas, 1994 e 1997, saem a 706 reais a unidade. Em linha decrescente, a 2006 sai por 556 reais  e a 2008  custa 366 reais no restaurante contra 399 reais na importadora VCT, como informa a própria empresa.

Para acompanhar o luxo rubro, há ótimos cortes, entre eles o caríssimo bife de chorizo extraído do gado wagyu, ricamente marmorizado em gordura. Está cotada por 110 reais a versão intitulada superior (com menor teor de gordura), 146 reais a premium e 230 reais a  superpremium. Este último naco de carne com preço de blue chip custa quase 60% de uma garrafa 2008!

Continua após a publicidade
Publicidade