Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 29 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Le Pain Quotidien: rede belga de padarias invade a capital

Como VEJA SÃO PAULO adiantou no Terraço Paulistano, a cadeia de padarias belgas Le Pain Quotidien, surgida na cidade de Bruxelas em 1990, desembarca na capital trazida pelo empresário Ricardo Rinkevicius, dono também dos restaurantes de culinária chinesa Ping Pong. Espalhada por 17 países, a rede criada por Alain Coumont ramifica-se em 170 lojas. Tem como um […]

Por Arnaldo Lorençato Atualizado em 27 fev 2017, 12h31 - Publicado em 3 Maio 2012, 20h28

Rinkevicius: promessa de inaugurar três lojas em um intervalo de menos de 20 dias (Foto: Fernando Moraes)

Como VEJA SÃO PAULO adiantou no Terraço Paulistano, a cadeia de padarias belgas Le Pain Quotidien, surgida na cidade de Bruxelas em 1990, desembarca na capital trazida pelo empresário Ricardo Rinkevicius, dono também dos restaurantes de culinária chinesa Ping Pong.

Espalhada por 17 países, a rede criada por Alain Coumont ramifica-se em 170 lojas. Tem como um dos mais fortes atrativos o uso de  farinha de trigo orgânica na produção da variedade de pães que tira do forno. Nas unidades paulistanas, há a promessa de servir inclusive cafezinho orgânico, de grãos arábica vindos da Fazenda Ambiental Fortaleza, em Mococa, no interior de São Paulo.

Originalmente, a primeira unidade seria nos Jardins, na Rua Haddock Lobo, 1025, onde hoje está a loja de utensílios de cozinha Good Cook, ponto antes ocupado pela extinta Futon & Home. Conversei com Rinkevicius, que me contou ter feito uma correção de rota. “Desistimos daquele imóvel e levaremos essa unidade para um shopping”, explica o empresário, que inaugura três lojas quase que simultaneamente na cidade.

Seleção de pães: farinha orgânica (Foto: divulgação)

Continua após a publicidade

Se não houver atrasos, coisa muito rotineira em obras, a primeira delas abre as portas no próximo dia 21, no número 146 da Rua Wisard, na Vila Madalena. Logo na sequência, baguetes e brioches poderão ser comprados no Shopping Cidade Jardim, a partir de 4 junho. Treze dias depois, deve entrar em funcionamento a unidade da Rua Paes de Araújo, 178, no Itaim.

Para cuidar das fornadas, foi convidado o padeiro Paulo Konig, que acaba de dar baixa no Le Vin Boulangerie para ser o braço-direito da chef-executiva Paula Villa Boas (titular inclusive Ping Pong).

“Estamos investindo cerca de 1 milhão de reais em cada loja”, contabiliza Rinkevicius, que tem como sócios Xavier Pipart, franqueado da marca, e um fundo de investimentos belga. “Em menos de vinte dias, vamos invadir a cidade”, garante.

Conheça o visual das lojas:

#gallery-1 {
margin: auto;
}
#gallery-1 .gallery-item {
float: left;
margin-top: 10px;
text-align: center;
width: 25%;
}
#gallery-1 img {
border: 2px solid #cfcfcf;
}
#gallery-1 .gallery-caption {
margin-left: 0;
}
/* see gallery_shortcode() in wp-includes/media.php */

Continua após a publicidade
Publicidade