Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Tudo que Dói

Tipos de Gêneros dramáticos: Drama
VejaSP:

Resenha por Dirceu Alves Jr.

Nas recentes temporadas, o dramaturgo Mário Bortolotto dirigiu boas montagens das peças Killer Joe, de Tracy Letts, Criança Enterrada e Oeste Verdadeiro, as duas últimas escritas por Sam Shepard. A profícua veia autoral parecia adormecida. O drama Tudo que Dói mostra que a espera valeu a pena e se revela o exemplar mais bem-acabado de sua obra desde Uma Pilha de Pratos na Cozinha (2007). Convincente, o ator Nelson Peres interpreta um consagrado escritor exilado em uma minúscula cidade. Passa os dias em um bar, rodeado de outros bêbados, na tentativa de esquecer o próprio passado. A chegada de uma jornalista (Débora Stérr, em revezamento com Liz Reis) interessada em entrevistá-lo coincide com a visita de sua filha (a atriz Renata Becker), que atingiu a maioridade e deseja conhecer o pai. Bortolotto, também responsável pela encenação, produz diálogos de forte carga emocional e teor poético sobre solidão, violência e as vergonhas de cada um. Carcarah, Walter Figueiredo, Marcos Amaral e uma surpreendente Luciana Caruso completam o elenco (80min). 16 anos. Estreou em 6/10/2017.

    info
  • Direção: Mário Bortolotto
  • Duração: 80 minutos
  • Recomendação: 14 anos
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.