Teimosia da Imaginação

VejaSP
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Jonas Lopes:

Cada vez
mais respeitada pelo mercado,
a ponto de em alguns
casos alcançar quase o mesmo
prestígio de nomes contemporâneos
importantes, a
arte naïf é tema de uma ampla
mostra. Os curadores
Germana Monte-Mór e Rodrigo
Naves compilam trabalhos
de dez artistas inseridos
nesse universo, com resultados
que vão além do senso
comum do gênero. Basta observar
as pinturas do baiano
Aurelino dos Santos, adepto
de perspectivas verticalizadas,
à maneira de Guignard.
Ou as excelentes esculturas
do mineiro Getúlio Damado,
construídas a partir de materiais
do cotidiano, a exemplo
de embalagens de xampu,
tampas de garrafa, disquetes
e até um cabo de computador.
Personagens típicos do realismo fantástico surgem nas estatuetas do
sergipano Véio, do alagoano Antonio de Dedé e
do pernambucano Manoel Galdino. Quem prefere
uma produção mais tradicional pode apreciar
as bonecas de cerâmica assinadas por Izabel
Mendes da Cunha, herdeira da tradição do
Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais. Prorrogada até 03/06/2012.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s