Roma — A Vida e os Imperadores

VejaSP
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Jonas Lopes:

Com curadoria de Guido Clemente,
professor da Universidade de Florença, a mostra
reúne 370 relíquias que nunca saíram da Itália
provenientes de instituições importantes, entre
elas a Galeria Uffizi, de Florença, e o Museu
Nacional Romano. Há na seleção joias, mosaicos,
esculturas, vestimentas e outros objetos que
desvendam a trajetória do império surgido um
século antes de Cristo. Dividida em quatro núcleos,
a mostra aborda desde o impacto de líderes
poderosos, a exemplo de Augusto, Nero e César,
até as peculiaridades do dia a dia dos moradores,
seus métodos de trabalho e hábitos religiosos.
Sobressaem as estátuas de deuses como Fortuna,
Júpiter, Marte e Vênus, embora anônimos também
apareçam retratados. Foram trazidas três
paredes com afrescos de Pompeia. E não ficaram
de fora peças de uso diário. Elas surpreendem
pela atualidade da forma: são anéis, talheres,
pinças, lanternas, bisturis e um anzol de pesca. Até 22/04/2012.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s