Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Projeto Brasil

VejaSP:

Resenha por Dirceu Alves Jr.

Quem tem pânico de interação entre artistas e plateia deve ser avisado. Em Projeto Brasil, você se torna candidato a receber um caloroso beijo na boca de um dos atores nos primeiros minutos da montagem da Companhia Brasileira de Teatro. A provocação inicial parecerá mínima diante da perturbação das cenas que virão na sequência. Sob a direção de Marcio Abreu, Giovana Soar, Nadja Naira, Rodrigo Bolzan e Felipe Storino protagonizam performances independentes que tratam de questões sociais como o reconhecimento legal das relações homoafetivas, a violência sexual e o consumo. De repente, surge a representação de um discurso do ex-presidente uruguaio José Mujica. Na parte mais impactante, Giovana Soar recorre a uma tinta vermelha para mostrar a brutalidade contra a comunidade indígena tendo a gravação de Maria Bethânia para Um Índio, canção de Caetano Veloso, como apoio dramatúrgico. Ao contrário de trabalhos recentes do grupo curitibano, como Esta Criança e Krum, estrelados por Renata Sorrah, a atual encenação não se propõe a apresentar uma narrativa, tampouco oferece linearidade. A costura de performances nem sempre é regular. O espetáculo, porém, deve ser aplaudido como um manifesto contrário às diferenças e pela capacidade de sacudir o público em questões nem sempre palatáveis no teatro. Estreou em 16/6/2016. Até 11/12/2016.

    info
  • Direção: Marcio Abreu
  • Duração: 80 minutos
  • Recomendação: 16 anos
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.