Palavras Somam

VejaSP
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Tatiane de Assis

Na exposição Palavras Somam, em cartaz no Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Álvares Penteado (MAB-Faap), a curadora argentina Laura Suzana Rodríguez selecionou 89 obras que ganham novos sentidos com o uso de palavras. Em História do Brasil (1979), Alcides Pereira dos Santos fala da sucessão de governantes do país de uma forma bem didática e cheia de ironia. Em Chuva (à dir.; 1980), de Claudio Tozzi, a estratégia é outra: ele utiliza a sutileza para fazer uma denúncia social na ditadura. Em meio à cena, lê-se a palavra “fome” no jornal que um dos personagens carrega sobre a cabeça. Edson Lourenço, por sua vez, prefere abordar o consumismo e criar uma espécie de quebra-cabeça no qual os visitantes encaixam peças retiradas de uma caixinha de fritas do McDonald’s. Até 8 de abril.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s