O Pintassilgo

Tipos de Gêneros dramáticos: Drama
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

Baseado no best-seller homônimo de Donna Tartt, O Pintassilgo é um novelão que mistura vários temas dramáticos e envolve, em sua grande parte. Começa, em duas épocas distintas, com tragédias. Em Amsterdã, o jovem Theo Decker (Ansel Elgort) tenta o suicídio. A trama, então, volta no tempo para mostrar o trauma sofrido pelo personagem quando criança (e interpretado por Oakes Fegley). Abandonado pelo pai, o garoto presenciou a morte da mãe num atentado a bomba no Metropolitan Museum, em Nova York. Pediu, então, abrigo à família de seu melhor amigo de escola e foi acolhido com certa frieza por Mrs. Barbour (Nicole Kidman). As (poucas) idas e vindas do roteiro, alternando passado e presente, mantêm o interesse pelo destino do protagonista. Mas há conflitos mal explorados, erros de continuidade e, pior, elementos avessos ao bom folhetim familiar, como o tráfico de drogas. Mais enxuta (até na duração), a adaptação acertaria o ponto. Direção: John Crowley (The Goldfinch, EUA, 2019, 149min). 16 anos. Estreou em 10/102019.

    info
  • Direção: John Crowley
  • Duração: 150 minutos
  • Recomendação: 16 anos
  • País: Estados Unidos
  • Ano: 2019
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s