Neve Negra

Tipos de Gêneros dramáticos: Drama, Policial
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

Dois grandes atores argentinos e um roteiro quase impecável e bastante envolvente. Está aí a fórmula de Neve Negra para fisgar a plateia. Na Patagônia, vive recluso o fazendeiro salvador (Ricardo Darín), um eremita que recebe os intrusos a bala. Mas eis que seu irmão Marcos (Leonardo Sbaraglia) e a esposa dele, Laura (Laia Costa), aparecem por lá para resolver uma pendência. Com a morte do pai, eles precisam acertar os ponteiros na venda das propriedades da família. O passado, porém, os afastou e os tornou inimigos, desde a adolescência, por causa da morte do irmão caçula. Em seu segundo longa-metragem, o diretor Martin Hodara equilibra tensão, suspense e drama em uma história enigmática. Há uma surpresa chocante e reviravoltas nos quinze minutos finais. A derradeira sequência, contudo, põe a história numa saída de resolução duvidosa. Estreou em 8/6/2017.

    info
  • Direção: Martin Hodara
  • Duração: 90 minutos
  • Recomendação: 14 anos
  • País: Argentina/Espanha
  • Ano: 2016
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. O filme começa tão cansativo como a paisagem desolada e branca da neve da Patagônia que cerca o chalé isolado. Chega a dar sono. Só bem para o fim, quando os conflitos se intensificam e aparecem as revelações (que talvez não sejam tão surpreendentes assim) é que o filme desperta algum interesse, o que não o salva de ser mediano. E alguns podem não gostar do arremate da trama.