Mínimo, Múltiplo, Comum

VejaSP
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Tatiane de Assis

Em Mínimo, Múltiplo, Comum são apresentadas 110 obras de seis artistas: o chinês naturalizado brasileiro Chen Kong Fang (1931-2012), o ítalo brasileiro Amadeo Lorenzato (1900-1995), a mineira Patricia Leite, a alemã Eleonore Koch e as paulistas Marina Rheingantz e Vânia Mignone. Em comum, eles representam objetos e pessoas sem muitos detalhes nem profundidade de campo, como na xilografia de Vânia, de 2017. Até 17 de setembro.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s