Macunaíma, Uma Rapsódia Musical

Tipos de Gêneros dramáticos: Musical
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Helena Galante

De prender a respiração. Assim é o começo de Macunaíma, uma Rapsódia Musical, com dramaturgia de Veronica Stigger. Na concepção da diretora Bia Lessa e da companhia Barca dos Corações Partidos, o personagem central do romance de Mário de Andrade nasce de um parto hipnotizante envolto em plástico preto. O caráter coletivo da vida na tribo da Amazônia (há muitas cenas de sexo e nudez quase em tempo integral) é priorizado no lugar da intrigante personalidade do protagonista, vivido por Hugo Germano, Ângelo Flávio Zuhalê e Adrén Alves. Os sons são intensos (e às vezes incompreensíveis), mas o impacto visual fala mais forte. Ao chegar ao Sudeste, o preguiçoso personagem é engolido pela cidade grande, onde a imoralidade e a falta de caráter exaltadas por Andrade continuam rolando soltas, mas dentro de bolhas individuais novamente feitas de plástico, agora transparente (180min). 18 anos. Estreou em 19/7/2019. Teatro Antunes Filho — Sesc Vila Mariana. Rua Pelotas, 141, Vila Mariana. Quarta, 15h; quinta a sábado, 20h, domingo, 18h. R$ 50,00. Até 15 de agosto.

    info
  • Direção: Bia Lessa
  • Duração: 180 minutos
  • Recomendação: 18 anos
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s