Ilhas Flutuantes, Se Monet Encontrasse Cézanne, em Montfavet

Resenha por Tatiane de Assis

O IMS exibe a videoinstalação Ilhas Flutuantes, Se Monet Encontrasse Cézanne, em Montfavet (acima, 2008), do escocês Douglas Gordon. Na obra inédita,crânios aparecem em um jardim inundado. A situação tem referências marcantes na história da arte. Um dos elos, com Paul Cézanne (1839-1906), se dá pela semelhança com a tela A Ponte em Maincy Perto de Melun. Já os reflexos na água nos levam a Claude Monet (1840-1926), quepor várias vezes se debruçou sobre ambientes aquáticos em suas pinturas. Até 26 de agosto.

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.