Guignard – A Memória Plástica do Brasil Moderno

VejaSP:
  • Ano: 2015

Resenha por Fernando Masini

Até nos retratos, Guignard (1896-1962) se preocupava com o fundo da obra, criando cenários ricos, às vezes fantasiosos, que têm o poder de desviar a atenção do observador do centro do quadro. Ao pintar a escritora Lúcia Machado de Almeida, por exemplo, o artista fluminense que adotou Minas Gerais como segunda casa colocou palmeiras e morros no segundo plano. O método de misturar gêneros numa mesma tela é bem explorado na exposição Guignard — A Memória Plástica do Brasil Moderno, em cartaz no MAM. Com uma montagem didática, o curador Paulo Sergio Duarte facilita a vida do visitante ao separar os cerca de setenta trabalhos entre paisagens, naturezas-mortas e retratos, tudo documentado com informações cronológicas. Cidades mineiras como Ouro Preto e Mariana são reproduzidas com variações de cores, mas sempre num estilo próprio, no qual moradias e igrejas flutuam com as nuvens. A fixação do artista pelas festas juninas aparece em três peças de mesmo nome, Noite de São João (1961), com balões e fogueiras que se acendem como pontos de luz. Nem sempre, no entanto, o que está exposto é agradável aos olhos. O sofrimento de Guignard, causado em grande parte por problemas de saúde, como o diabetes e o alcoolismo, e por dificuldades financeiras, pode ser notado em Cabeça de Cristo (1960) e São Sebastião (1960). De 7/7/2015. Até 11/9/2015.

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.