Clique e assine por apenas 6,90/mês

Christopher Makos – Lady Warhol

VejaSP:

Resenha por Livia Deodato

O limite entre o masculino e o feminino já foi explorado em muitas áreas, como a filosofia, a psicanálise e, claro, a arte. Com a proposta de transitar nessa fronteira de gêneros, o fotógrafo Christopher Makos e o artista plástico Andy Warhol resolveram provocar os espectadores com a série Imagem Alterada, produzida em 1981. A figura andrógina do ícone da pop art serviu como perfeito modelo para a experimentação, intitulada Lady Warhol. Cinquenta fotos apresentam Warhol numa transformação crescente, que vai de uma maquiagem leve com figurino tipicamente masculino à completa metamorfose em uma diva. A inspiração da dupla de amigos e parceiros veio do trabalho do fotógrafo americano Man Ray, de quem Makos foi assistente nos anos 70. Em 1921, Ray retratou o pintor Marcel Duchamp caracterizado como o personagem feminino Rrose Sélavy. O trabalho de Makos e Warhol atualizou a questão e certamente ultrapassou os propalados quinze minutos de fama. MAM. De 17/4/2013 a 23/6/2013.

Produção intensa: em apenas dois dias, Warhol usou oito perucas e Makos tirou 349 fotografias.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.