Cemitério Maldito

Tipos de Gêneros dramáticos: Terror
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

Mary Lambert era uma requisitada diretora de videoclipes na década de 80 quando foi escalada para comandar a versão para o cinema de um dos livros mais apavorantes de Stephen King. Cemitério Maldito, exatamente trinta anos depois, ganha um remake que, certamente, não vai virar cult como o filme original. Na trama, o doutor Louis (Jason Clarke, na foto) muda-se com a esposa e um casal de filhos de Boston para uma região rural do Maine. Em frente à casa, além de uma floresta, há uma rodovia por onde passam caminhões em alta velocidade. O que a mata espessa abriga é o mote do terror: um cemitério que, dizem, ressuscita os mortos. A premissa faz gelar a espinha e alguns sustos garantem o passatempo. Mas há problemas: Jason Clarke não convence como o médico/pai de família e o desdobramento da história sai do horror genérico para resvalar no humor involuntário. Direção: Kevin Kölsch e Dennis Widmyer (Pet Sematary, EUA, 2019, 101min). 16 anos. Estreou em 9/5/2019.

    info
  • Direção: Kevin Kölsch, Dennis Widmyer
  • Duração: 101 minutos
  • Recomendação: 16 anos
  • País: EUA
  • Ano: 2019
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s