Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Carlos Cruz-Diez

VejaSP:

Resenha por Jonas Lopes:

O venezuelano esteve em cartaz na cidade de abril a junho, em uma boa individual na Galeria Raquel Arnaud. Não há comparação, no entanto, com a ampla retrospectiva Cor no Espaço e no Tempo. Organizada pela Fundação Cruz-Diez e pelo Museu de Belas-Artes de Houston, cuja diretora, Mari Carmén Ramírez, assina a curadoria, a mostra amealha 150 obras, entre pinturas, desenhos, gravuras e um vídeo. Há desde óleos realizados em 1940, quando o artista ainda era estudante e apostava na figuração, até peças feitas recentemente por ele. Predominam os trabalhos de inflexão cinética, sobretudo os das décadas de 50 a 70. Além de ocupar as salas climatizadas do museu, a montagem avança para outros espaços, como corredores e o octógono. Ali ficarão instalações de grande porte nas quais o público poderá entrar e interagir com as delirantes e criativas experimentações cromáticas de Cruz-Diez. De 14/07/2012 a 16/09/2012.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.