Clique e assine por apenas 6,90/mês

Caravaggio e seus Seguidores

VejaSP:

Resenha por Jonas Lopes:

Nome incontornável da história da arte, Michelangelo Merisi da Caravaggio (1571-1610) é a mais importante figura do barroco italiano. Na mostra em cartaz no Masp, trabalhos seus são misturados aos de seguidores chamados de caravaggescos — irregulares, aliás. Há problemas na montagem. Os textos de apoio não deixam claro ao visitante não iniciado se as sete pinturas de fato são de autoria do gênio, como se todas estivessem na mesma situação. Não dá para comparar, por exemplo, a aterradora Medusa Murtola, muito provavelmente de Caravaggio, às discutíveis atribuições São João Batista que Alimenta o Cordeiro e Santo Agapito. De todo modo, vale a pena ir ao museu apreciar uma tela extraordinária, obrigatória na bagagem de qualquer pessoa interessada em cultura. Trata-se de São Jerônimo que Escreve, proveniente da Galeria Borghese, de Roma. Está tudo ali, do jogo dramático de luz e sombra ao realismo extremo nas rugas do santo. Dos influenciados, observe o autorretrato de Orazio Borgianni e Negação de Pedro, de Mattia Preti. De 01/08/2012 a 30/09/2012.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.