Clique e assine por apenas 6,90/mês

Antígona – Moacir Chaves

Tipos de Gêneros dramáticos: Tragédia
VejaSP:

Resenha por Dirceu Alves Jr.

Ator de inegável discurso próprio, Celso Frateschi se caracteriza pela valorização das palavras escolhidas a cada trabalho encenado. Desta vez, sob a direção de Moacir Chaves, ele representa o autoritário Creonte, antagonista da tragédia grega Antígona, de Sófocles, aqui alçado ao primeiro plano da ação, em pé de igualdade com a personagem-título. Na trama, a vigorosa Naruna Costa é Antígona, a filha de Édipo e Jocasta, capaz de enfrentar todas as resistências para garantir um enterro digno ao irmão Polinice, acusado de traidor do governo. Creonte, rei de Tebas e tio da moça, é irredutível e lança suas armas contra a jovem na ânsia de que ela mude suas posições. Só que, na atual montagem, é o déspota quem se vê obrigado a rever seus desmandos, mesmo que tarde demais, e amarga o remorso por um autoritarismo que respingou em sua família e não lhe trouxe ganhos. Frateschi brilha, principalmente na reta final do espetáculo, quando sua reflexão atinge múltiplas leituras e pode ser transportada para questões contemporâneas. Destaque ainda para a participação do ator Pascoal da Conceição, que se divide em diversos personagens e, por vezes, funciona como a voz do povo oprimido. Estreou em 18/8/2017. Até 1º/10/2017.

    info
  • Direção: Moacir Chaves
  • Duração: 90 minutos
  • Recomendação: 14 anos
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.