A Marquise, o MAM e Nós no Meio

VejaSP
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Tatiane de Assis

A Marquise, o MAM e Nós no Meio trata da pouca relação entre os visitantes do referido museu e os jovens que ocupam o espaço ao lado da instituição para treinar manobras de patins ou passos de dança para construir a exposição, a curadora pernambucana Ana Maria Maia observou com atenção a dinâmica dos dois grupos e chegou a uma intersecção de repertórios culturais com 38 artistas e quarenta obras. o conjunto vai de pinturas, como Gêneros e Números I (à esq., 1969), da baiana Georgete Melhem, a eventos externos. Um piquenique marcado para o domingo (15), por exemplo, está incluído no calendário da exposição. outro trabalho que merece atenção é Teia (2018), de O Grupo inteiro, na sala de vidro. Em um painel com palavras como “curadores” e “skatistas”, o coletivo consegue unir, pelo menos na parede, as diferentes tribos. Até 19 de agosto.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s