Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Numa sobreloja em Santa Cecília, lanchonete faz sanduíches com receita familiar

O pão pita usado nas preparações da Nosh é o Achado Elo da casa

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 5 nov 2021, 20h54 - Publicado em 5 nov 2021, 12h53

Com jeitão de uma antiga garagem com azulejos pretos e grafites na parede, a Nosh é uma das melhores atrações de Santa Cecília. Aberta no início de 2020 por Alon Berlovich, à frente também da Pinati no mesmo bairro, e pela sócia Julia Friedman, a lanchonete traz uma receita familiar de produção própria que é o grande Achado Elo.

Fachada da lanchonete Nosh, com a parede laranja e banco de madeira na frente.
A fachada escondida: em sobreloja na Santa Cecília Clayton Vieira/Elo/Divulgação

Trata-se do pão pita, também conhecido como pão sírio. Macio, quentinho e achatado, é usado para envelopar todos os sanduíches do cardápio. Entre eles, a saborosa versão vegetariana com bolinhas fritas de faláfel de grão-de-bico deliciosamente douradas, lâminas de berinjela grelhada, repolho-roxo, picles de pepino e de cebola-roxa e a bem-vinda mistura de molhos de tahine (de gergelim) e barbecue.

Salão da lanchonete Nosh, com banquetas e parede de azulejos pretos à esquerda
O ambiente recém-reformado: com banquetas altas Clayton Vieira/Elo/Divulgação

Sente-se em uma das banquetas do salão recém-reformado e, se a gula permitir, prove mais de um sanduba ao lado das sequinhas e fininhas fritas.

Para saber mais sobre Achados Elo, clique aqui.

Assine a Vejinha a partir de 12,90 mensais

Continua após a publicidade

Publicidade