Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Num casarão cercado de verde, provam-se modernas receitas alemãs

Saborear um café da tarde com vista para um belo jardim é o grande Achado Elo do Gansaral, no Campo Belo

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 1 out 2021, 14h42 - Publicado em 1 out 2021, 14h38

Imagine um lindo jardim de uma residência dos anos 40 onde no passado se criavam gansos. Esse é o visual do Gansaral, no Campo Belo. O restaurante tem no menu pratos da moderna culinária alemã preparados pela chef Sthéfany Catalano Rodrigues.

Mesas de madeira dispostas em salão avarandado do restaurante Gansara.l
Quintal avarandado: mesas ao ar livre Clayton Vieira/Elo/Divulgação

São receitas como a ótima torta recheada de chucrute cozido em vinho branco com creme de leite e kümmel e coberta por bacon. É tão boa que foi premiada em um concurso culinário na Alemanha. O grande Achado Elo desse representante germânico, porém, é outro ainda melhor: a tábua de café para ser saboreada observando o cenário verdejante ao fundo em uma das mesas da varanda.

Itens de café da manhã dispostos sobre mesa de madeira.
Tábua de café: com ampla variedade de itens Clayton Vieira/Elo/Divulgação

Extenso, o Kaffeeklatsch vale a pena ser detalhado. Compõe-se de uma cesta de pães típicos, canapé de Pumpernickel (pão de centeio muito escuro) com Kräuterkäse (creme de parmesão e ervas), um bem-vindo intruso brasileiro: o pão de queijo caseiro, cuca do dia (o bolo de jeitão rústico que no original se chama Streuselkuchen), o Vanillekipferl, biscoito amanteigado de baunilha e amêndoas em forma de meia lua, manteiga, Quark (a ricota temperada), compota de frutas vermelhas e mel e Sahne, o creme batido. Acabou? Não. Há o café passado no coador Hario V60 e o chá mate batido com limão.

Para saber mais sobre Achados Elo clique aqui.

Gansaral
Rua Demóstenes, 885, Campo Belo, tel. 2338-6380, tel. 99194-7841 (também WhatsApp).

Assine a Vejinha a partir de 8,90 mensais

  • Continua após a publicidade
    Publicidade