Balada

Tomorrowland Brasil: arrume a mochila e vá para Itu

Confira um guia de sobrevivência, dicas e as atrações que você precisa ver no festival de música eletrônica, que acontece neste feriado prolongado no interior paulista

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

tomorrowland
O evento contará com 1600 tanques com 15000 litros de água em caminhões-pipas (Foto: Divulgação)

Percorrer quilômetros de estrada em pleno feriadão é comum para muita gente. Desta vez, o destino de 180 000 paulistanos e baladeiros do Brasil inteiro é o Parque Maeda, onde encararão três dias de música eletrônica na primeira edição do festival belga Tomorrowland, o maior evento de música eletrônica comercial do mundo. Ao todo, são 178 atrações, como David Guetta, Armin van Buuren e Hardwell, espalhadas por sete palcos. E ainda tem mais. Veja:

+ Tomorrowland chega ao Brasil

TIME DOS BRAZUCAS

Tudo bem, o Tomorrowland é conhecido pelos nomes internacionais de peso no line-up. No entanto, sendo a primeira edição no Brasil (e na América Latina), nada mais justo do que dar vez também aos DJs brasileiros. Confira aqueles que valem a pena ver (ouvir e dançar) no festival:

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

+ Tomorrowland Brasil abre vagas para trabalhar no festival

NA HORA DA FOME

Não vai ser fácil encarar os três dias de festança sem se alimentar direito. Os estandes espalhados pelo parque trazem comidinhas inspiradas na culinária de cinquenta países, com pizzas, massas, temakis, tacos, cachorro-quente, hambúrgueres e as famosas batatas belgas. Também oferece pratos assinados, como a paella do chef espanhol Paco Salas.

Para quem quiser uma refeição mais elaborada, há ainda o restaurante secreto, que deve ter sua reserva feita no site antecipadamente. Nele, o menu é elaborado por Vinícius Rojo (com sobremesa do holandês Sergio Herman). Custa 120 reais, com entrada, prato principal, sobremesa e uma taça de espumante.

A moeda durante o evento para comprar comidas e bebidas será o token. Cada um custa 5,55 reais.

+ Tomorrowland contará com caminhões-pipa para abastecer o evento

COMO CHEGAR LÁ

Para quem for de carro

A organização disponibilizou um estacionamento para aqueles que vão e voltam todos os dias. O valor da diária é de 150 reais, se comprado antecipadamente pelo site. Na porta, o custo será de 200 reais.

O endereço é Rodovia SP 75, quilômetro 18, em Itu. Os acessos são pela Rodovia dos Bandeirantes ou pela Rodovia Marechal Rondon. A organização pede que se evite a Rodovia Castelo Branco.            

Upgrade Acesso Fácil

Este é o transfer oferecido pelo festival. Além da ida e volta, a organização também disponibiliza entrada preferencial. São quatro locais de saída e o valor é de 100 reais por dia.

Linha 1 – São Paulo: Sambódromo do Anhembi

Linha 2 - Guarulhos: Terminal 3 do Aeroporto de Guarulhos

Linha 3 – Campinas; Aeroporto Viracopos

Linha 4 – Itu: Estádio Novelli Jr.

E os horários de partida:

Sexta e sábado: das 10h às 17h; domingo: das 10h às 15h.

Horários de retorno

Sexta e sábado: das 20h às 5h; domingo: das 18h às 3h.

Tomorrowland
(Foto: Divulgação)

GUIA DE SOBREVIVÊNCIA

A maratona é intensa. Não esqueça da mochila com alguns itens essenciais:

- Leve ingresso e documento com foto

- A previsão é de calor, por isso, protetor solar se mostra indispensável

- Roupas confortáveis. Lembrem-se: trata-se de um festival em uma fazenda. A lama será inevitável. Tênis ou botas são boas pedidas

- Ao cair da noite, a temperatura no parque despenca. Para quem planeja ficar até madrugada, leve agasalho

- Capa de chuva

- Dinheiro. Sim, eles vão oferecer caixas com cartões, no entanto, caso queira evitar filas, tenha mais de uma forma de pagamento

- Marque com os amigos um ponto de encontro. Apesar da produção ter reforçado as antenas para redes de celulares, a tecnologia pode deixar a gente na mão

Fonte: VEJA SÃO PAULO