Teatro

Confira o roteiro de leituras dramáticas da cidade

Apresentações ocorrem no MASP, nos Sesc Consolação e Belenzinho

Por: Bruno Machado

Teatro de Narradores - Cabare Paulista
Cena de 'Cabaré Paulista' do Teatro de Narradores: ocupação celebra os 15 anos de existência do grupo (Foto: Bárbara Campos)

Não é só de peças teatrais que vive o circuito das artes cênicas de São Paulo. Os teatros também recebem sessões de leituras dramáticas de textos clássicos, ou mesmo de espetáculos que ainda estão em processo de produção. Algumas dessas leituras, inclusive, contam com atores famosos e consagrados.

+ Mais sobre Teatro

Confira a programação de leituras dramáticas de julho e agosto abaixo.

Teatro de Narradores - A Medida
Cena de 'A Medida': leitura é baseada em texto de Bertolt Brecht (Foto: Divulgação)

Ocupação Teatro de Narradores no Sesc Belenzinho

A unidade do Sesc apresenta em julho uma programação que comemora os quinze anos do Teatro de Narradores. Além de espetáculos e debates, no ciclo estão três leituras: Cabaré Paulista: do Manifesto Contra o Trabalho, de José Fernando Azevedo, A Medida, de Bertolt Brecht e Pílades, de Pier Paolo Pasolini. Mais informações aqui.

 ► Programa Letras em Cena do MASP

Trata-se de um dos mais tradicionais projetos de leitura dramática da cidade, que ocorre no MASP desde 2006. Desde então, já passaram por lá atores consagrados, diretores e dramaturgos que depois, despontaram com montagens de grande sucesso.  Em julho, estão programadas leituras de Raiz da Verdade (8), com Ary França e Maria Manoella e Eucir de Souza. No dia 15, é a vez de Ian Sofredini e Wagner Mollina lerem Cavalos Mortos. Em seguida, Rubens Caribé e Mariana Muniz realizam a leitura de fragmentos da obra do poeta Manoel de Barros. Sonetos de William Shakespeare são lidos no dia 22 por por Bruno Fagundes, Clarisse Abujamra, Rosi Campos, entre outros, e por fim, no dia 29, é a vez de Otávio Martins, Denise Del Vecchio e Pedro Guilherme interpretam O Campeão de Dominó do Alasca, de Mario Vianna. As leituras ocorrem sempre às segundas-feiras, às 19h30. Para assistir, é necessário reservar um lugar por meio do http://www.letrasemcena.art.br.  

Otelo  - Leitura Dramática
Leitura dramática de 'Otelo' no Sesc Consolação: projeto vai até o fim do ano (Foto: Fernando Banzi)

7 Leituras, 7 Autores, 7 Diretores, no Sesc Consolação

No ano que antecede a comemoração dos 450 anos de nascimento de William Shakespeare (1564-1616), o já tradicional projeto de leituras dramáticas organizado pelo Sesc Consolação apresenta sete montagens dos principais textos do bardo inglês, dirigidas por sete diretores diferentes. A supervisão é de Eugênia Thereza Andrade.  Os trabalhos se iniciaram no fim de maio, com uma leitura de Otelo, sob direção de Marco Antônio Pâmio, um dos maiores especialistas brasileiros na obra do britânico. Em julho, o projeto faz uma pausa, mas em 27 de agosto, a própria Eugênia assume a direção da leitura de Ricardo III, uma das mais importantes tragédias do dramaturgo. Em todas as as leituras é utilizado um cenário criado por Mika Lins que reproduz o palco do Globe Theatre, cenário das montagens inaugurais de Hamlet e Rei Lear.

Fonte: VEJA SÃO PAULO