Música

Sónar SP anuncia Cee Lo Green e fecha a programação

Festival que acontece nos dias 11 e 12 de maio no Anhembi também terá nomes como Justice e James Blake

Por: Catarina Cicarelli - Atualizado em

Cee Lo Green
Cee Lo Green: após cancelamento no ano passado, músico é atração do Sónar São Paulo (Foto: Divulgação)

O Sónar São Paulo, que ocorre nos dias 11 e 12 de maio, no Anhembi, finalmente fechou sua programação, com o anúncio de nomes de peso como Cee Lo Green, que se apresenta na segunda data do evento, ao lado de atrações como Justice.

+ Sónar São Paulo confirma atrações que vazaram na internet

+ Sónar São Paulo anuncia 15 novos nomes

+ Tudo sobre o Lollapalooza

Foram confirmados também o duo canadense Chromeo; o britânico Skream, que toca com participação do MC Sgt. Pokes; o holandês Munchi; o duo KTL; a dupla argentina Super Guachin; e os brasileiros Criolo, Nedu Lopes e Muti Randolph, que tocará acompanhado da mãe, a pianista Clara Sverner.

Anteriormente, o festival já havia anunciado nomes de como Justice e James Blake. Em maio do ano passada, Cee Lo Green cancelou o que seria sua primeira apresentação no Brasil, como principal atração do Urban Music Festival.

Além de dois palcos principais, o Sónar Club e o Sónar Village, o evento terá um espaço dedicado aos artistas selecionados pela Red Bull Music Academy. Entre os escolhidos estão novos artistas que vêm se destacando na cena eletrônica como Flying Lotus, Rusty, James Holden, James Pants, Tiger & Woods e os nacionais Zegon, Pazes e Mauricio Fleury.

Para Enric Palau, cofundador do festival, que começou há quase 18 anos em Barcelona, “o line-up de São Paulo é um dos mais potentes”. Segundo ele, o público brasileiro conhece bem o que está acontecendo no mundo.

O evento já tentou uma investida no país em 2004, mas que não foi adiante. Desta vez, eles esperam que haja continuidade. Palau afirma que um dos maiores motivos do interesse no Brasil é o talento nacional. “A riqueza artística do país é algo que nos encanta e não é de agora.” Entre os nomes brasileiros da programação, Palau destaca entre seus favoritos Psilosamples, codinome do produtor mineiro Zé Role; o músico Silva, do Espírito Santo; e a banda paraense Gang do Eletro, especializada em tecnobrega.

Além da música

A organização do evento também divulgou a programação dos espaços SónarPro, dedicado a palestras e encontros com profissionais da indústria musical, e SónarCinema, que terá projeções de filmes e documentários.

Como a capacidade do local reservado para as palestras é de apenas 300 pessoas, é preciso fazer uma inscrição prévia. Para isso, basta enviar um e-mail para sonarpro@sonarsaopaulo.com.br com nome, idade, RG, ramo de atuação, empresa em que trabalha e os motivos para participar.

No SónarCinema, serão exibidos filmes como “Finisterrae”, “8 Switches” e os documentários “PressPausePlay” e “High On Hope”.

Com público estimado de 25.000 pessoas para cada dia, o festival vai permitir que os visitantes entrem e saiam do Anhembi, com uma pulseira de acesso. Os ingressos para cada dia do evento custam R$ 230, e o pacote para os dois dias sai por R$ 400. As entradas podem ser adquiridas no site Ingresso.com, sem cobrança de taxa de conveniência.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO