ESPORTE

Quenianos vencem as provas masculina e feminina da São Silvestre

Os melhores brasileiros foram Tatiele Carvalho (sexto lugar) e Giovani dos Santos (quarto)

Por: Marcus Oliveira - Atualizado em

São Silvestre - mistérios da cidade 2236
São Silvestre: 88ª edição com mudanças no horário da largada (Foto: Divulgação)

Os quenianos Maurine Kipchumba (prova feminina) e Edwin Kipsang (prova masculina) são os grandes vencedores da 88ª edição da Corrida de São Silvestre. Os melhores resultados brasileiros foram os de Giovani dos Santos, em quarto lugar na corrida masculina, e Tatiele Carvalho, em sexto na feminina. Neste ano, os prêmios principais subiram de R$ 35.000,00 para R$ 50.000,00.

Em 2012, a São Silvestre ocorreu pela primeira vez no turno da manhã. A primeira largada, para portadores de necessidades especiais, ocorreu às 7h10; a prova feminina começou às 8h40 e a masculina, às 8h59. Outra alteração (essa já bem conhecida dos paulistanos) é o ponto de chegada, que volta para a Avenida Paulista: em frente ao prédio da Fundação Cásper Líbero, 900. No ano passado, o fim do percurso foi no Obelisco do Ibirapuera, o que causou certa rejeição por parte do público. Cerca de 25 mil corredores, entre profissionais e amadores, participaram do evento.

+ Veja dicas importantes para quem vai correr a Maratona de São Silvestre

Tradicionalmente, a corrida começava no período da tarde e se encerrava no início da noite - horas antes do Revéillon da Paulista - mas de acordo com o organizador da São Silvestre, Julio Deodoro, a mudança foi pensada para facilitar o acesso das pessoas à Paulista. “A grande dificuldade era conciliar a corrida com a chegada do público para o Réveillon. Nós fizemos um teste em 2011, em caráter experimental, mas não deu muito certo. A prova já é muito tradicional. Decidimos testar desse vez na parte da manhã e ver como vai ser. Agora, dá tempo de correr e ainda curtir o Revéillon. Para os atletas é melhor.”

Além de ajudar na mobilidade e evitar transtornos, a mudança na prova ajuda no fôlego dos participantes, que podem correr com um clima mais ameno, o que diminui o desgaste físico, além de dar uma força no deslocamento dos moradores da região.

Veja as ruas que formaram o percurso da São Silvestre 2012:

Largada: Av. Paulista - próximo à rua Ministro Rocha Azevedo (sentido Consolação)- Av. Paulista até Rua Haddock Lobo- Túnel José Roberto Fanganiello Melhem- Av. Dr. Arnaldo até Rua Major Natanael- Rua Major Natanael- Rua Desembargador Paulo Passalaqua- Av. Pacaembu, sentido Estádio (Contra-fluxo)- Baixos do Viaduto da Av. Gal. Olímpio da Silveira- Av. Pacaembu, ambos os sentidos até Rua Margarida- Rua Margarida- Al. Olga- Rua Tagipuru- Rua Fuad Naufel- Av. Auro Soares de Moura Andrade, sent. Bairro/Centro- Rua Mario de Andrade- Av. Pacaembu, sentido Marginal Tietê- Viaduto Pacaembu, sentido Marginal Tietê- Av. Dr. Abraão Ribeiro- Av. Marquês de São Vicente- Rua Norma Pieruccini Giannotti- Av. Rudge- Viaduto Eng. Orlando Murgel- Av. Rio Branco- Av. Duque de Caxias, pista da direita (Contra-fluxo)- Av. São João- Largo do Arouche- Av. Vieira de Carvalho, sent. Bairro / Centro- Praça da Republica- Av. Ipiranga (Contra-Fluxo)- Av. São João (Contra-Fluxo)- Largo do Arouche- Rua Conselheiro Crispiniano- Praça Ramos de Azevedo- Viaduto do Chá- Rua Líbero Badaró- Largo São Francisco- Av. Brig. Luís Antônio- Vd. Brig. Luiz Antônio- Av. Brig. Luis Antônio- Av. Paulista- Chegada: Av. Paulista, sentido Consolação em frente à Gazeta

Fonte: VEJA SÃO PAULO