Comidinhas

Raful abre disputada filial próximo da Avenida Paulista

Tradicional na região da 25 de Março, restaurante árabe ganha novo endereço

Por: Helene Galante - Atualizado em

Raful 2180
Esfihas de coalhada: R$ 2,20 cada uma; Salada com faláfel: R$ 16,00; Esfihas de carne: unidade a R$ 2,20 (Foto: Mario Rodrigues)

Tão logo desembarcou em São Paulo, há cinquenta anos, o imigrante libanês Raffoul Boutros Doueihi abriu o restaurante árabe Kit Kat na Rua Comendador Abdo Schahin, no centro. Ao lado do irmão Tannous Doueihi, fez da pequena casa vizinha à Rua 25 de Março um sucesso de público — mas o nome não pegou. Em 1982, o estabelecimento mudou-se para um imóvel maior e foi rebatizado de Raful. Desde 2006 gerida por Evelyn Doueihi, filha de Raffoul, a marca passou por outra expansão há cerca de um mês. Desta vez, ganhou uma filial na Avenida Brigadeiro Luís Antônio, quase no cruzamento com a Paulista.

Preparadas diariamente, as esfihas abertas de carne levam acém moído temperado com cebola, tomate, limão e pimenta síria (R$ 2,20 a unidade). Na visita realizada no último dia 18, a versão folhada de ricota (R$ 2,80) tinha a massa torrada demais nas bordas. Saiu-se melhor a opção fechada de coalhada (R$ 2,20). No fundo do salão há um espaço com mesas. Ali, é servido um rodízio de especialidades a R$ 40,00. A boa qualidade dos pratos, porém, foi comprometida por uma falha no atendimento. Primeiro chegaram as receitas quentes e depois as frias. Do cardápio à la carte, experimente a apetitosa salada de alface, tomate, rabanete e quatro unidades de faláfel (bolinho de grão-de-bico, lentilha e especiarias; R$ 16,00), a dupla de espetos de cafta e de filé-mignon (R$ 26,00) e os crocantes charutinhos de folha de uva (R$ 17,00). No mezanino do Mercado Municipal funciona um endereço homônimo, de outros donos.

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪ | ATENDIMENTO ✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO