Roteiro

Programas quentes para o inverno

Listamos 19 ideias que vão fazer você sair de baixo das cobertas e curtir a época mais charmosa do ano em São Paulo

Por: Anna Carolina Oliveira e Bruna Gomes - Atualizado em

Filme em casa - Programas quentes
Conforto: delivery de filmes é uma opção para quem gosta de curtir o inverno em casa (Foto: Thinkstock)

1. Encomendar vinho ou cerveja encorpada

Montar um jantar elaborado ou curtir o friozinho ao lado de uma boa companhia pode ficar ainda melhor se você não perder tempo para sair e comprar a bebida perfeita para a ocasião. Separamos alguns lugares que entregam cervejas e vinhos. Os pedidos podem ser desde o copo próprio para a degustação desejada até uma caixa com vários tipos de cerveja. O frete mínimo é de 5 reais.

- Bierboxx

Produtos entre 4,90 e 178 reais

- Cerveja Gourmet

Produtos entre 5,90 e 148,90 reais

- SOS Esquenta

Produtos entre 1,79 e 124,90 reais

2. Receber seu filme preferido em casa

A combinação de frio, pipoca e cobertor sempre pede um filme, não é? Nessas horas, a parte mais difícil costuma ser vencer a preguiça e ir até a locadora. Para resolver este problema, algumas empresas oferecem a comodidade de entregar o DVD que você deseja em sua casa. Basta escolher pela internet, agendar a entrega e devolver quando quiser.

- NetMovies

Pacotes variam entre 15,90 e 87,90 reais

- Blockbuster

Pacotes variam entre 15,90 e 64,90

- Movie to Go

DVDs custam 8 reais, Blu Ray saem por 15 reais e os pacotes variam entre 99 e 174 reais

Govinda
Salão do indiano Govinda: nos dias muito frios, uma lareira mantém os clientes aquecidos (Foto: Fernando Moraes)

3. Ir a um restaurante com lareira ou aquecedor

Comer e desfrutar de um ambiente com temperatura agradável é uma boa pedida para dias e noites mais frios. Alguns restaurantes e pizzarias contam com lareira e aquecedores para manter os clientes confortáveis.

- Govinda (lareira)

- Divina Itália (lareira e aquecedor)

- Pizzaria Bendita Hora – Moema (aquecedor)

4. Tomar caldinho de feijão

Frio e caldinho de feijão formam uma dupla imperdível na estação mais fria do ano. Para abrir o apetite ou encerrar a refeição, a cidade conta com diversos endereços para aquecer sua noite.

- Filial

A caneca custa 8,50 reais

- Pirajá

O copo sai por 8 reais

- A Lapinha

A caneca sai por 7,50 reais

5. Degustar pratos apimentados

Para experiências mais fortes e sabores marcantes, pratos apimentados podem deixar a hora da refeição beeeeem quente. Os temperos da culinária mexicana e asiática são sugestões para agradar o paladar.

- Ban Kao

- Viva México

- Cho Sun Ok

6. Provar vários tipos de sopa

Sopas são ótimas opções para quem quer comer sem culpa. Os pratos são leves e costumam ser a primeira ideia que vem à cabeça quando se pensa no prato perfeito para o inverno.

- Vitrô

Bufê custa 35 reais por pessoa e a cada dia é servida uma sopa diferente

- Dona Deôla — Pompéia

Bufê custa 27,50 reais por pessoa e serve seis tipos de sopa, a partir das 18h. Há também as cumbucas individuais por 14,90 reais

- Le Pain

Bufê custa 21,90 reais por pessoa e conta com quatro tipos de sopa que variam diariamente. Outra opção é comprar só um tipo de sopa por 15 reais

Buddha Spa
Para relaxar depois da folia: o Buddha Spa é um dos endereços abertos na Quarta-Feira de Cinzas (Foto: Divulgação)

7. Tomar um banho de ofurô

Além de tratamentos de beleza para proteger a pele dos danos causados pelo frio, o que não pode faltar é um banho relaxante nas águas quentinhas de um ofurô.

- Buddha Spa — Ibirapuera

Day spa individual varia entre 375 reais (3 horas de duração) e 625 reais (5 horas)

- Olímpia Spa — Paulista

Day Spa para uma pessoa varia entre 274 reais (1 hora e 45 minutos) e 962 reais (8 horas). Há também a opção de montar um pacote personalizado

- Kurma

Day Spa varia, dependendo do tratamento, entre 220 e 340 reais (ambos de 2 horas). Há ainda a possibilidade de montar um pacote

8. Cair na noite

Para ver os amigos, dançar ou conhecer gente nova sem sofrer com as baixas temperaturas da estação, São Paulo conta com casas noturnas que oferecem um ambiente agradável e muita música para remexer o esqueleto.

- The Society

Homens pagam 60 reais e mulher, 80 reais, sem consumação

- Azucar

Para os homens, a entrada varia entre 20 e 45 reais e, para as mulheres, o preço fica entre 15 e 29 reais dependendo do dia da semana

- Canto da Ema

Na casa de forró estudantes pagam meia-entrada e o valor integral varia entre 16 e 18 reais para mulheres e entre 23 e 26 reais para homens

9. Tomar chocolate quente

Docinho ou mais amargo, o chocolate quente é sempre lembrado quando o assunto é amenizar o frio.

- Santo Grão

A xícara custa 7,40 reais

- Pâtisserie Mara Mello

A versão simples varia entre 3,30 reais (pequeno) e 5,50 reais (grande). Há também opções mais elaboradas com pistache, gengibre, chocolate 55% amargo, giandua, super amargo 70%, amargo com feve tonka e ovomaltine, que variam entre 6 e 17 reais.

- Chocolat Du Jour

A xícara sai por 11,60 reais e vem nas opção ao leite e meio amargo

Tchai Wine — Programas Quentes
Tchai Wine: vinho tinto quente e especiarias como cardamomo, canela, cravos, gengibre e pimenta (Foto: Divulgação)

10. Experimentar a bebida símbolo dos ingleses

Para os paulistanos que apreciam os hábitos da realeza britânica, o chá pode ser uma opção mais indicada. Algumas casas acrescentam licor de cachaça ou vinho tinto para deixar a tradicional bebida ainda mais quente. É o caso da Loja do Chá, que oferece opções como tchai wine (16 reais) e cachaça grey (15 reais).

- A Loja do Chá

Você pode gastar entre 13 reais e R$ 21 reais

- Talchá

O chá do amor e o tourag — novos chás de inverno — saem por 7,50 reais

- The Gourmet Tea

Um copo custa 4,90 reais

11. Esquentar a leitura em um café

É possível, sim, distrair-se com uma boa leitura fora de casa. Algumas livrarias da cidade mantém um café em seu interior, o que possibilita desfrutar, ao mesmo tempo, de uma boa história e uma bebida quente. Para os que não conseguem largar o notebook, esses cafés contam ainda com sinal wi-fi.

- V. Café da Livraria Cultura do Conjunto Nacional

O Irish Coffee (R$ 10,40) leva café espresso, whisky e chantilly

- Café Santo Grão da Livraria da Vila do Shopping Cidade Jardim

O menu de inverno inclui sopas como a de espinafre com noz moscada (15 reais)

- Fran’s Café da Fnac Paulista

A sopa no pão (20,70 reais) está na lista das mais pedidas

12. Reunir os amigos para jogar boliche

Fazer atividades ao ar livre não é muito atraente no frio. Mas, se o programa for em um lugar fechado e envolver um grupo de amigos, a proposta fica mais interessante. Jogar boliche é uma boa pedida. O preço costuma ser mais salgado nos finais de semana, mas, dividindo os custos com a galera, o bolso nem sente.

+ Dicas ajudam quem quer aprender a jogar boliche

- Strike Bowlling

Você pode gastar entre 59 e 89 reais (a hora)

- Tiger Bowlling

Você pode gastar entre 42 e 66 reais (a hora)

- Villa Bowling

Você pode gastar entre 86 e 136 reais (a hora)

Correr - Programas Quentes
Exercício no inverno: com uma companhia é sempre melhor (Foto: Thinkstock)

13. Correr do frio em grupo

Trocar o pijama flanelado e as cobertas por uma roupa de ginástica e uma garrafa de água não parece um negócio atraente. Mas, se você tiver companhia, talvez a tarefa de se exercitar no frio se torne mais interessante. Em São Paulo, muitas pessoas se reúnem para caminhar, correr e andar de bike juntas.

- 4any1

A mensalidade do plano quadrimestral é de 185 reais e treinos aos sábados saem por 175 reais

- Marcos Paulo Reis

A mensalidade é de 198 reais

- Run & Fun

A mensalidade é de 198 reais

14. Relaxar em uma piscina aquecida

Dar um mergulho é uma cena típica de verão, mas a ideia pode ser adaptada para as estações geladas. Alguns clubes paulistanos oferecem a opção de piscinas aquecidas, como a unidade Pinheiros do Sesc. Também é possível relaxar em águas mornas de hotéis de luxo que oferecem pacotes de um dia de estadia — o day use.

- Sesc Pinheiros

O preço para se associar varia entre 2 e 15 reais (valor anual)

- Centro Educacional e Esportivo do Estádio do Pacaembu

A piscina é aberta para todos. Para usá-la, basta se filiar ao clube e passar por um exame médico

- Blue Tree Towers

O day use de seis horas custa a partir de 248 reais (o casal)

15. Dançar ao som de ritmos quentes

Existem casas em São Paulo de ritmos agitados como samba, salsa e sertanejo que fazem a temperatura subir. O Rey Castro, por exemplo, promove eventos especiais e, nas quartas, coloca professores nas pistas para ensinar os passos caribenhos.

- Rey Castro (ritmos cubanos e caribenhos)

A entrada varia entre 15 e 55 reais

- Ó do Borogodó (samba e chorinho)

A entrada varia entre 15 e 20 reais

- Villa Country (country e sertanejo)

A entrada varia entre 20 e 50 reais

16. Aprender os passos das baladas antigas

Nada melhor para aquecer o inverno do que dançar coladinho. Por isso, uma opção animada para driblar o frio dessa estação é escolher um par e levá-lo a uma aula de dança de salão. Se você não tem um parceiro, tudo bem. Pode ir sozinho mesmo e formar uma dupla na hora. Um alerta para os casais ciumentos: normalmente é feita uma troca de par para os alunos treinarem os passos de gafieira, bolero e outros ritmos com pessoas diferentes.

- Shopping Light

Aula gratuita todo domingo às 15h00

- Cia. Terra (unidade Paraíso)

Aula para iniciantes toda segunda e quinta-feira às 21h15

- Jaime Arôxa

Aula toda terça e quinta-feira às 21h15

Fôlego de Inverno - Programas quentes
Fôlego de Inverno: servido em chamas, o drinque leva Grenadine, xarope de maçã, Curacao Blue e Tanqueray (Foto: Divulgação)

17. Tomar um drinque com fogo

Na hora de preparar suas bebidas exóticas, alguns bares da cidade brincam com fogo — literalmente. No restaurante Johnnie Peper, por exemplo, são cinco opções de bebidas servidas em chamas. Uma delas, a Brain Hemorrhage (12 reais), combina licor de pêssego, Baileys, Cointreau e Grenadine. Se você gosta de experimentar drinques exóticos e não tem medo de se queimar, confira abaixo outros estabelecimentos com opções quentíssimas.

- Eu Tu Eles

O fôlego de inverno leva Grenadine, xarope de maçã, Curacao Blue e Tanqueray (19,90 reais)

- Johnnie Pepper

São cinco opções de hot drinks: hell’s drink (26 reais), super sky flying (14 reais), B52 (14 reais), mirage (12 reais) e brain hemorrhage (12 reais)

- Praça São Lourenço

O drinque black 43 combina uísque, licor Cuarenta y Tres e fogo (21 reais)

18. Entrar no clima de Campos do Jordão com fondue

Quando bater aquela saudade das serras de São Paulo, é possível lembrar o gosto dos chocolates e queijos de Campos do Jordão em restaurantes que servem fondue no inverno. A delícia é uma boa pedida para os apaixonados, já que a maioria dos estabelecimentos serve uma porção para duas pessoas. Atenção apenas para o preço, porque esse programa, apesar de quente e gostoso, não é um dos mais baratos.

- Era uma vez um Chalezinho

Você pode gastar entre 65 reais (preço mínimo do fondue doce) e 98 reais (salgado). A porção é para duas pessoas

- Florina

Você pode gastar entre 70 e 85 reais. A porção é para duas pessoas

- Bierquelle

Você pode gastar entre 49 e 84 reais na porção para duas pessoas. O rodízio completo de fondue sai por 68 reais por pessoa

19. Se aventurar no subsolo de São Paulo

As ruas paulistanas estão extremamente geladas? Então, troque a superfície pelo subsolo da cidade, onde alguns estabelecimentos “se escondem”. Mais reservados, esses ambientes agrupam um número menor de pessoas e acabam sendo bem aconchegantes. Separamos três opções de programas debaixo da terra: um teatro, um bar e uma casa noturna.

- Teatro do Centro da Terra

- Divine Wine Bar

- Alberta #3

Fonte: VEJA SÃO PAULO