Negócios

Franquias de esmalterias estão em alta

Para abrir um negócio especializado em cuidar de unhas, investem-se a partir de 50 000 reais

Por: Meriane Morselli - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Desde o começo do ano passado, as esmalterias têm pipocado por aí. São espaços dedicados a cuidar das unhas de pés e mãos que oferecem uma grande variedade de opções de esmaltes nacionais e importados e alguns serviços diferenciados, a exemplo de unhas de gel, uma técnica de alta durabilidade, arte para customizar a pintura e spas para embelezar as mãos. Muitas operam ainda no modelo “nail bar”, no qual o oferecem bebidas para a clientela.

+ Cresce a procura por unhas em gel nos salões da cidade

Como o mercado está em expansão, logo as franquias nessa área apareceram. Entre as mais novas esta a Maria Bonita, criada pela empresária Renata Galante no Rio de Janeiro e com previsão de chegar a São Paulo, no bairro da Mooca, no fim de janeiro de 2015. A primeira loja será inaugurada na capital fluminense na semana que vem e até o fim do ano serão sete unidades em funcionamento. O preço dos serviços varia de 35 a 180 reais. "Acho que as esmalterias estão em alta porque as mulheres estão em busca de serviços mais especializados e com mais qualidade, algo que está difícil de encontrar por aí", diz Renata.

Ricardo Correa, diretor executivo da Associação Brasileira de Franchising, acredita que esse seja um bom momento para abrir uma esmalteria, pois as mulheres tendem a se cuidar cada vez mais e o crescimento é claro. "É importante pesquisar sobre o fraqueador e falar com os seus atuais clientes, para checar se estão satisfeitos e qual o nível de ajuda que recebem deles", alerta Correa aos que pretendem empreender dessa forma. 

+ Franquias de paletas mexicanas custam a partir de 90 000 reais

Lançada dezembro de 2012, a Esmalteria Nacional possui noventa unidades em todo o Estado de São Paulo. De acordo com a empresa, a fila de interessados em abrir uma filial reúne mais de 1 000 pessoas, que esperam por um faturamento médio mensal de 30 000 reais e o retorno do investimento num prazo de seis a doze meses.

Veja os custos para abrir uma franquia de uma esmalteria*.

Esmalteria Nacional

  • 50 000 reais

Esmalteria Brasil

  • 85 000 reais

Maria Bonita Esmalteria

  • 69 000 a 94 000 reais

Nailz

  • 75 000 a 100 000 reais

* De acordo com dados da ABF (Associação Brasileira de Franchising)

Fonte: VEJA SÃO PAULO