Teatro

Paulistanos já podem assistir à peças do Festival de Curitiba

A Marca da Água, O Terraço Facas nas Galinhas, que serão apresentadas na mostra oficial do evento, estão em cartaz na cidade

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

A Marca da Água
"A Marca da Água": espetáculo em cartaz no Sesc Santana viaja à capital paranaense (Foto: Mauro Kury)

Realizado anualmente desde 1991, o Festival de Curitiba é considerado o maior evento teatral do Brasil, pois reúne mais de 400 espetáculos em doze dias de apresentações.

Na próxima edição, que começa em 27 de março, das trinta peças em cartaz na seleção oficial, seis delas já estão em cartaz em São Paulo e outras três devem estrear aqui nos próximos meses. Quem não se empolga em ir ao evento pode assistir destaques da mostra pagando menos, já que lá os ingressos custam R$ 60,00.

+ Mais sobre teatro

A Marca da Água

Com estética próxima do surrealismo, a nova montagem do Grupo Armazém narra as mudanças que acontecem na vida de uma mulher que encontra um enorme peixe no seu jardim. O espetáculo está em cartaz no Sesc Santana.

Facas Nas Galinhas
Facas Nas Galinhas (Foto: João Caldas)

Facas nas Galinhas

O espetáculo reestreia no Tucarena no dia 9 de março. Drama repleto de simbologias, o texto acompanha as mudanças que ocorrem na vida de uma camponesa ao tomar o lugar do marido no trabalho, em um moinho.

Ficção

A série de monólogos assinada pelo diretor Leonardo Moreira está de volta no Sesc Santo André. Ficção apresenta seis atores que se revezam entre os dias de apresentação em atuações que confundem o espectador, eliminando a barreira entre o real e o fictício.

The Pillowman
Danilo Infantini e Flávio Tolezani em 'The Pillowman — O Homem Travesseiro' (Foto: João Caldas)

Mãe Coragem

O texto do dramaturgo Bertolt Brecht é encenado em estilo pansori — técnica dramática oriental que data do século XVII e consiste num ator que canta e narra uma história acompanhado de instrumentos musicais. A montagem do grupo sul-coreano Pansori Project ZA tem duas apresentações marcadas no Sesc Vila Mariana.

Pillowman - O Homem Travesseiro

Uma das peças mais elogiadas em 2012, Pillowman - O Homem Travesseiro  transita entre o suspense e a fábula ao contar uma história que envolve o assassinato de crianças. Em cartaz no Espaço dos Parlapatões. No Festival de Curitiba, esta e outra montagem carioca do mesmo texto serão apresentados.

Recusa

O drama da Cia. Teatro Balangan é baseado em uma notícia de jornal sobre o aparecimento de dois índios de uma etnia extinta há duas décadas. Reestreia no Centro Internacional de Teatro ECUM no dia 15 de março.

O Terraço
Ilana Kaplan, Marco Antônio Pâmio, Vera Zimmermann e Marat Descartes: equilíbrio entre o riso e o drama em "O Terraço" (Foto: Erik Almeida)

O Terraço

A comédia dirigida por Alexandre Reinecke, considerado expert no gênero, está em cartaz no Teatro Nair Bello. Entre outros temas, a peça aborda a invasão da privacidade e os conflitos de gênero.

EM BREVE

Parlapatões Revistam Angeli

O espetáculo da tradicional companhia paulistana estreia no Festival de Curitiba abordando o universo e os personagens do cartunista Angeli com supervisão musical de Branco Mello, dos Titãs. Em São Paulo, a peça deve ser apresentada entre os dias 18 e 21 de abril no Auditório Ibirapuera.

Cine Monstro Versão 1.0

Terceira e última parte da trilogia do canadense Maclvor - as outras duas são À Primeira Vista e In on It -, o monólogo é interpretado por Enrique Diaz, que também assina a montagem. A estreia em São Paulo está prevista para 11 de abril no Auditório Ibirapuera.

Esta Criança

Protagonizada por Renata Sorrah, a montagem da Cia. Brasileira de Teatro para o texto do francês Joël Pommerat está previsto para desembarcar na cidade em abril. Ainda não há data e sala de espetáculo definidos.

JÁ PASSARAM POR AQUI

Maria Miss, Os Bem Intencionados e Prazer.

Fonte: VEJA SÃO PAULO