Especial

Virada da Mobilidade tem atrações na Paulista e no Ibirapuera

Evento que antecede no Dia Mundial Sem Carro promove intervenções em diferentes pontos da cidade

Por: VEJASÃOPAULO.COM - Atualizado em

ciclofaixa_paulsita
Ciclistas poderão aproveitar a Avenida Paulista (Foto: Guilherme Lima)

Caminhando, de bicicleta, ônibus ou metrô, o importante é encontrar uma alternativa para se locomover por São Paulo deixando o carro na garagem de casa. Esse é o objetivo da Virada da Mobilidade. O evento faz parte da programação do Dia Mundial Sem Carro, que acontece no domingo (22).

A semana que antecede a data, entre os dias 17 e 21, conta com atividades espalhadas por diversos pontos da cidade, como o Parque do Ibirapuera e a Avenida Paulista. As atrações gratuitas vão de seminários a passeios ciclísticos e caminhadas.

Para ajudar na conscientização, VEJASÃOPAULO.COM divulga durante toda a semana diversas matérias sobre o assunto, apresentando alternativas e exemplos de pessoas que desistiram de enfrentar o trânsito e encontraram outra forma de circular pela cidade.

A abertura do evento ocorre no auditório da Editora Abril, onde será apresentada a carta de recomendação que será encaminhada para as prefeituras dos municípios que se enquadram com a exigência da Lei Nacional de Mobilidade Urbana. Ao longo da semana ocorrem mais debates e, no sábado (21), acontecem atividades nos parques e ruas.

Metrô
Transporte público: algumas opções para quem quer passear sem pegar no volante (Foto: Marcelo Kura)

Confira a programação completa da Virada da Mobilidade:

Terça (17): Seminário: Economia da "Imobilidade" Urbana

  • Local: Auditório do Ibirapuera;
  • Horário: 18h às 21h;
  • Vagas: 150.

Quarta (18): Seminário: Alcool, Drogas e Segurança no Trânsito

  • Local: Palácio dos Bandeirantes;
  • Horário: 14h às 19h30;
  • Vagas: 450.

Quinta (19): Seminário: Mobilidade Corporativa e Cidades Sustentáveis

  • Local: Auditório do Banco Santander;
  • Horário: 9h às 17h;
  • Vagas: 250.

Sábado (21): Desafio Multimodal

A competição tem o objetivo de estimular a intermodalidade na cidade. A proposta é fazer com que o usuário experimente utilizar três modais diferentes para chegar a um destino comum, partindo das quatro diferentes zonas da cidade. Foram escolhidos os principais parques de cada uma das regiões como ponto de partida e o destino será o Parque Ibirapuera. De cada localização partirão três competidores.

A largada ocorre às 9h no Parque Ecológico do Tietê, Represa Guarapiranga, Cantareira e Parque Villa-Lobos.

Parque do Ibirapuera: coletivos promovem atividades relacionadas à mobilidade urbana, das 9h às 17h. Entre as atrações estão um simulador de carro do Detran e um passeio ciclístico com destino à Vila Madalena, a partir das 17h. O espaço recebe também grupos de bike e skate, que realizam atividades no próprio parque.

Vila Madalena: o bairro mais boêmio da cidade também terá programação especial, das 14h às 21h. Os espaços verdes, chamados de parklets, serão montados pelas ruas e vão tomar conta do cenário, mostrando que a via pode ser um espaço de convivência. A partir das 21h acontece também uma blitz educativa de alcoolemia, onde atores vão passear pelos bares da cidade, distribuindo bafômetros descartáveis.

Domingo (22): Se a Paulista Fosse Minha

Uma das avenidas mais movimentadas da cidade irá receber diversos coletivos, artistas e atividades. O objetivo da ação é mostrar como é possível ocupar e usar o espaço público para um bem comum. As atrações estão marcadas a partir das 10h.

Confira mais destaques da Semana da Mobilidade:

Fonte: VEJA SÃO PAULO