Baladas

Electric Daisy Festival: como se preparar para as 12 horas de festa

Confira um guia de sobrevivência, dicas e atrações do festival de música eletrônica, que ocorre nesta sexta (4) e sábado (5) no Autódromo de Interlagos

Por: Bárbara Öberg

Electric Daisy Carnival
Edição em Las Vegas, em junho: painéis coloridos e muita pirotecnia (Foto: Divulgação)

Os fãs de música eletrônica estão tendo um ano e tanto. Em março, o Lollapalooza trouxe ao Brasil nomes fortes do gênero, como Calvin Harris e Skrillex. Dois meses depois, a primeira edição do Tomorrowland no país levou cerca de 180 000 pessoas à Fazenda Maeda, em Itu, para acompanhar a performance de 178 DJs.

+ Lollapalooza 2016 anuncia programação de shows dividida por dias

Para fechar o ano com chave de ouro, aterrissa por aqui, nos dias 4 e 5 de dezembro, outro megafestival estrangeiro. Trata-se do Electric Daisy Carnival (EDC), organizado pela empresa americana Insomniac Events. A versão paulistana da atração traz o DJ holandês Tiësto, considerado o melhor produtor e remixer de trance do mundo, para tocar hits como Wasted e Red Lights.

De Londres, o grupo Above & Beyond oferece ao público o mesmo tipo de batida. Também confirmado no line-up, Martin Garrix vai comandar os pick-ups de house progressivo do evento. Para completar a lista, apresentam-se Steve Aoki, Knife Party, Chemical Surf, Alok, Nervo, Krewella, R3hab e mais de setenta outras atrações. Além dos três palcos, o festival conta com opções de entretenimento como roda-gigante e chapéu mexicano, entre outros brinquedos de parque de diversões. Quem for encarar a festa, vale reforçar: prepare-se. A música rola das 18h às 6h. 

Para aguentar as doze horas de evento, preparamos um guia de sobrevivência cheio de dicas e informações essenciais para curtir o máximo do festival. Confira:

Mapa Eletric Daisy Festival
Mapa Eletric Daisy Festival (Foto: Divulgação)

COMO CHEGAR LÁ

Como o trânsito fica intenso na região e a maioria das vagas de estacionamento já foi vendida, o melhor jeito de chegar continua sendo o transporte coletivo: o espaço fica a apenas seis minutos da Estação Autódromo da Linha 9 — Esmeralda da CPTM. Ela estará aberta das 4h horas à meia-noite na sexta, das 4h horas à 1 hora no sábado e das 4h horas à meia-noite no domingo.

Outra opção oferecida é o EDC Transfer. Por 70 reais, dá para contratar o serviço de traslado de ida e volta feito por vans e ônibus que saem a partir das 16 horas do Blue Tree Verbo Divino (Rua Verbo Divino, 1323). A volta se encerra às 7h no sábado e domingo.

NA HORA DA FOME

Não vai ser fácil encarar duas madrugadas de festança sem se alimentar direito. Além dos tradicionas estandes divididos pelo espaço, o festival também traz food trucks que vão servir pizza, massa, temaki, tacos, cachorro-quente e hambúrguer. Para beber, haverá opções como refrigerante, vodca e cerveja. Pontos de abastecimento de água serão distribuídos dentro do festival, porém, para poder desfrutar da cortesia, será necessário comprar a garrafa oficial do evento, vendida dentro do festival.

GUIA DE SOBREVIVÊNCIA

A maratona é intensa. Não esqueça da mochila com alguns itens essenciais:

- Leve ingresso e documento com foto. Para estudantes beneficiados com a meia-entrada é necessária a apresentação também da carteira de estudante.

- Roupas confortáveis. Lembrem-se: se a chuva prometida realmente cair, a lama será inevitável. Tênis ou botas são boas pedidas.

- Ao cair da noite, a temperatura no autódromo despenca automaticamente. A previsão é de frio e pancadas de chuva à noite, por isso, o casaco se mostra indispensável.

- Capa de chuva.

- Dinheiro. Sim, eles vão oferecer caixas com cartões, no entanto, caso queira evitar filas, tenha mais de uma forma de pagamento.

- Marque com os amigos um ponto de encontro. Apesar da produção ter reforçado as antenas para redes de celulares, a tecnologia pode deixar a gente na mão.

 NÃO VALE LEVAR

Como é comum nesse tipo de evento, não será permitida a entrada de alimentos que não estejam lacrados, assim como garrafas, capacetes, livros, revistas, jornais, latas ou qualquer material de vidro e metal que possa ser pontiagudo ou cortante. É proibida, também, a entrada com perfumes e cosméticos, fogos de artifício, bandeiras com mastro e paus de selfie.

APLICATIVO

Para se organizar melhor antes do evento, vale dar uma espiada no aplicativo disponibilizado pelo festival. Além de conferir toda a programação, com os horários das atrações nos quatro palcos, os usuários poderão ver um mapa interativo e novidades, comprar ingressos e também consultar a previsão do tempo. A plataforma Insomniac: EDC Brasil 2015 pode ser adquirida gratuitamente nos aparelhos com sistema operacional da Apple ou Android.

INGRESSOS

Quem ainda não comprou o ingresso pode aproveitar o desconto de 60% oferecido no site de VEJA SÃO PAULO no EDC Weekend, que dá acesso aos dois dias de festival e custa 660 reais, ou no EDC Day, com direito a um dia de evento por 370 reais.

DIVISÃO DOS PALCOS

 

BASSPOD

SEXTA (4)

Adventure Club

Bro Safari

Datsik

Dieselboy

Dirty Noise

Dirtyphonics

Jam Thieves

Marginal Man

Milo & Otis

Omulu

Sigma

Tropkillaz

SÁBADO (5)

BTK

Crizzly

DJ Cinara

DJ Marky

Excision

Fallen

GTA

Kill The Noise

S.P.Y.

Yellow Claw

Zomboy

 

ARTCAR

SEXTA (4)

Ban Schiavon

Grum

Fehrplay

Groove Delight

Alex Justino

Ricardo Lin

vs Bernardo Ziembik

SÁBADO (5)

Adriano Pagani

Atellagali

Baumer

Mari Mats

Nedu Lopes

Pistlro

Sugar Crush

Tom & Collins

 

NEOGARDEN

SEXTA (4)

Anna

Art Department

Chemical Surf

Goldfish Live

Gorgon City Live

Jamie Jones

Kidnap Kid

The Magician

Victor Ruiz AV Any Mello

SÁBADO (5)

Amine Edge & Dance

Dubfire Live

Heiken vs Loop

Jonas Rathsman

Luciano

Marc Houle

Renato Ratier

Route 94

Vintage Culture

 

KINETICCATHEDRAL

SEXTA-FEIRA (4)

Arty

Audien

Felguk

Hook n Sling

Krewella

Klingande

Martin Garrix

Nervo

Repow

Tiësto

SÁBADO (5)

Above & Beyond

Alok

Baggi

Cazzette

Deorro

Knife Party

KSHMR

Marcelo CIC

R3hab

Skrillex

Slander

Steve Aoki

Fonte: VEJA SÃO PAULO