Lar

Criador da loja Oppa dá cinco dicas para decorar e mobiliar a casa

"Não existem erros na decoração, o importante é que ela seja do seu jeito", afirma Max Reichel

Por: Mayra Maldjian - Atualizado em

Oppa Max Reichel
Max Reichel, criador da Oppa (Foto: Lucas Lima)

Quando veio morar em São Paulo, em 2010, o alemão Max Reichel, 30, saiu em busca de uma mesa para seu novo lar. “Fui a algumas lojas grandes e caí para trás com os preços. E a qualidade, meu deus!”. Frustrado, voltou para casa e perguntou a alguns amigos onde encontrar design contemporâneo brasileiro acessível. Eles não souberam responder. Veio daí a sua inspiração para criar a Oppa, loja virtual de móveis com design bacana e preços honestos que se tornou febre na cidade.

Apaixonado pelos copinhos americanos (“é o meu design favorito e custa só 2 reais!”), o empresário é adepto do chamado smart design (eficiente, sustentável e acessível). “Cor é algo que gostamos muito”, diz erguendo a calça para mostrar a sua meia laranja. “Há objetos mais conservadores também, mas por que não ter algo amarelo na sua casa?”, questiona.

No site, que entrou no ar em novembro de 2011, estão à venda desde utensílios para a cozinha, como o kit sobremesa da linha Fradique (por R$ 24,90), a sofás desmontáveis, como o Modus (o de quatro lugares sai por R$ 3.499,00). Os itens mais concorridos são as coloridas cadeiras Uma (R$ 199,00 cada) –que levou o bronze no prêmio IDEA/Brasil 2012– e a moderninha rack Masp (R$ 599,00). Com apelo jovem, a loja lança peças em parceria com nomes badalados do universo da moda, como a mesa florida da Farm e as almofadas de estampas abstratas da Neon.

Para os indecisos e desconfiados, é possível ver de pertinho alguns produtos no showroom da loja (Rua Aspicuelta, 153), na Vila Madalena. Craque em pensar em ambientes aconchegantes, ele dá ideias para mobiliar e decorar o lar com personalidade gastando pouco. Confira abaixo.

Com seu novo negócio, o fundador da Oppa também aproveitou para abrir as portas para jovens criadores. “Quando eu estava mobiliando minha casa, conversei com alguns designers e eles me disseram o quão difícil era entrar no mercado. Foi então que pensei em unir forças com eles, ajuda-los a ter nome e talento reconhecidos.” Atualmente, cerca de vinte deles fazem parte do Estúdio Oppa, que também abriu um canal, via site, para receber projetos de colaboradores.

“O Brasil está em um momento incrível, há muita criatividade rolando. Há mais aceitação dos próprios brasileiros em consumir arte e design daqui”, explica. “Olha para a SP-Arte, olha para as feiras lá fora, cheias de galerias e artistas brasileiros. Só há uma chance na vida para participar de uma mudança cultural fantástica como esta. Por isso estou aqui.”

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Cinco dicas para deixar a casa com a sua cara, por Max Reichel

1. Divirta-se

"As pessoas ainda têm muito medo de misturar cores e errar. A questão é que não existem erros na decoração! O importante é que ela seja do seu jeito. Uma maneira inusitada de inserir cores na sala é com cadeiras. Escolha uma mesa de tom neutro e coloque as cadeiras coloridas em volta. Chame os amigos e veja como qualquer reunião ficará muito mais divertida."

2. Não se leve tão a sério

"A decoração que você vê na revista é linda, mas lembre-se que a sua vida é real! Ao escolher seus móveis é preciso ter em mente que eles serão parte da sua vida, vão receber os amigos para tomar uma cerveja e a família para comer uma macarronada! Escolha móveis que nem você (nem ninguém) tenha medo de usar!"

3. Casa cheia

"Nós acreditamos que a sua casa é o melhor lugar do mundo para receber as pessoas que você ama, por isso, um sofá não é só o lugar em que você assiste TV. O sofá ideal tem que ter um design bacana e ser de qualidade, mas deve ser confortável para receber os amigos e deve sempre caber mais um! Tenha também pufes e banquetas que possam servir de acentos extras para quando a sala estiver super lotada."

4. Tenha por perto o que você ama

"Para compor a decoração vale tudo: objetos herdados da família ou encontrados em feiras de antiguidades; o mais novo lançamento da sua loja preferida de móveis ou aquele brinquedo que você nunca teve coragem de jogar fora. Para mim, o maior elogio que você pode ouvir ao entrarem na sua casa é de que ela é a sua cara."

5. Pense grande, até se o espaço for pequeno!

"O espaço que você tem disponível é pequeno? Isso não significa que você precisa de móveis em miniatura. Você pode optar por uma peça central grande e aproveitá-la o máximo possível. Compre uma boa mesa de jantar, mas que vá servir para refeições, trabalhar, estudar, receber amigos, etc. Daí é só chamar todo mundo para usá-la bastante."

 

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO