Evento

Sexta-feira é dia de ir de bicicleta para o trabalho

Projeto "De Bike Ao Trabalho" acontece pela primeira vez no Brasil nesta sexta-feira (10)

Por: Juliana Deodoro - Atualizado em

aluguel bicicleta
Evento deve entrar para o calendário dos ciclistas de São Paulo (Foto: Marcus Oliveira)

Em 1956, a Liga Americana de Ciclismo resolveu dedicar um dia do ano para que as pessoas fossem para o trabalho de bicicleta. Assim nasceu o Bike To Work Day, evento que acontece pela primeira vez no Brasil nesta sexta-feira (10). 

+ Mais 100 novas estações do Bike Sampa serão inauguradas

Idealizado por diversas organizações brasileiras, o De Bike Ao Trabalho deve entrar para o calendário dos ciclistas – e dos simpatizantes. O objetivo é realizar o evento toda segunda sexta-feira de maio.

“É um dia para que as pessoas possam experimentar. Porque depois que você experimenta vai querer ir de bike todos os dias”, afirma um dos coordenadores do Bike Anjo,  Raphael Monteiro de Oliveira. 

Oliveira lista algumas desculpas que normalmente são usadas por aqueles que dizem querer usar a bicicleta como transporte, mas ainda não aderiram. “As justificativas mais comuns são a segurança, a roupa, o suor e o fato de São Paulo ser uma cidade acidentada.” 

No entanto, ele rebate tosos dos argumentos: “Para quem quer se sentir mais seguro, existe o Bike Anjo, que ajuda a criar uma rota e dá dicas de segurança. Quando seu corpo se acostuma com o esforço, o suor deixa de ser um problema. E, por fim, há cidades com relevo muito pior que o de São Paulo, como São Francisco, onde todo mundo anda de bike.”

O cicloativista William Cruz, do Vá de Bike, diz que a segurança é sim um obstáculo e que ainda há muita gente que não respeita o ciclista nas ruas da cidade. “Precisamos de uma campanha grande que mostre que as pessoas têm a obrigação de respeitar o ciclista.”

Para quem quiser participar do De Bike Ao Trabalho pode se cadastrar no site do projeto

Três dicas para quem quer usar a bicicleta como transporte diário:

- Estudar bem a rota que será usada e testá-la antes em um fim de semana. 

- Sempre usar iluminação na bicicleta, que é mais importante que o capacete por identificar o ciclista de longe para o motorista.

- Ocupar uma faixa da via é mais seguro porque obriga o motorista a mudar de faixa para ultrapassar o ciclista.

Fonte: VEJA SÃO PAULO