Entrevista

Dalva: 'Amo os animais. Só queria acabar com o sofrimento deles'

Veja abaixo o depoimento da dona de casa suspeita de matar quase 40 pets

Por: Carolina Giovanelli - Atualizado em

Dalva - Assassinato dos pets - 2253
Dalva: afirma que só queria ajudar os animais (Foto: Reprodução)

Na última terça (17), Dalva Lina da Silva concedeu a seguinte entrevista a VEJA SÃO PAULO no escritório de seu advogado.

+ Saiba mais sobre o caso: Cemitério de pets na Zona Sul

A senhora matava animais?

De um ano para cá, recebia gatos e cachorros debilitados e tentava tratá-los com remédios. Quando não conseguia, eu os sacrificava, para acabar com o sofrimento deles. Só queria ajudar.

Como escolhia quais precisavam morrer?

Pegava os que não comiam mais, que tinham os olhos esbugalhados e só gemiam.

Qual método utilizava?

Aplicava uma injeção de anestésico no coração. Eles morriam em dez segundos. Eu chorava durante todo o processo.

Quantos a senhora matou em um ano?

Matei alguns.

A senhora é responsável pelos 39 corpos encontrados perto da porta de sua casa?

Não. Desses, matei apenas seis. O resto foi colocado lá por uma pessoa que está tentando me prejudicar. Vou mostrar à polícia que estou falando a verdade.

Não sabia que matar animais é um crime?

Não sabia. Achei que estava fazendo o bem, tinha pena dos bichos.

Fonte: VEJA SÃO PAULO