Moda

Donatella Versace: é preciso envelhecer assim?

Estilista italiana chocou ao desembarcar na capital nesta terça (4) com visual muito modificado pelas plásticas

Por: Tatiana Izquierdo - Atualizado em

Donatella Versace
Donatella Versace chega à cidade para participar da São Paulo Fashion Week (Foto: Ag. News)

A estilista italiana Donatella Versace, de 59 anos, causou sensação ao desembarcar em São Paulo nesta terça (4) para acompanhar os desfiles da São Paulo Fashion Week, que ocorrem no Parque Cândido Portinari, vizinho ao Parque Villa-Lobos, na Zona Oeste.

Com um visual para lá de extravagante, vestida com roupas estampadas de pele de leopardo, ela chocou os demais transeuntes no Aeroporto de Guarulhos pelo aspecto de seu rosto, extremamente modificado pelas sucessivas plásticas e aplicações de botox.

costanza
Costanza Pascolato, aos 75 anos, segue sendo ícone de estilo (Foto: Gustavo Jácome)

A aparência da italiana contrasta com o de uma conterrânea, a empresária e consultora de moda Costanza Pascolato, que também compareceu para os desfiles da SPFW e segue sendo um ícone de elegância aos 75 anos de idade.

 Filha de Costanza, a consultora de moda e beleza Consuelo Blocker, que mantém um blog sobre o assunto na internet, o Consuelo Blog (www.consueloblog.com), conversou com VEJA SÃO PAULO sobre a melhor forma de encarar a idade.

Consuelo Pascolato
Consuelo Blocker, filha de Costanza, marcou presença na São Paulo Fashion Week (Foto: Costanza Pascolato)

Como as mulheres brasileiras devem se preocupar com o "envelhecer bem"?

Tenho 50 anos e levanto essa bandeira, de se sentir bem mais velha. Fiz fotos para uma marca de lingerie e ficaram super elegantes. Isso fez com que muitas mulheres se sentissem empoderadas com mais idade. A melhor parte de envelhecer é você ter segurança e poder falar o que pensa.

E por que você acha que elas fazem tantas intervenções cirúrgicas?

O problema é que, no Brasil, ser mais velha significa dizer que você não é mais bonita. Não é ruim envelhecer, cuidar-se é diferente de se transformar-se. Eu já operei, tirei as bolsas debaixo dos olhos porque me incomodavam, mas eu tentei não mexer nos meus traços. Temos uma cultura do não envelhecimento que é perigosa.

O que pensa do visual da estilista Donatella Versace?

O problema da Donatella é que ela tem a pele muito sensível e realmente exagera nos cuidados com a beleza. Quanto mais ela mexe na parte de cima do rosto, mais aumenta os lábios. Ainda mais por viver na Itália, onde os lábios são muito valorizados. De perfil é bem perceptível como ela mexeu no nariz e nos lábios. Acho uma pena ter perdido assim a linha.

O que acha das jovens que usam botox para esconder possíveis rugas?

Acho que essas jovens estão pulando etapas. É possível envelhecer com saúde e cuidar do corpo e do rosto de maneira aceitável. Quando algo incomoda, cuide. Mas não se transforme. Aproveite cada etapa da sua vida. O melhor remédio para a idade é sorrir.

Fonte: VEJA SÃO PAULO