Televisão

"Deveria abrir uma confeitaria em São Paulo", brinca Cake Boss

Em entrevista, confeiteiro-celebridade afirma que se identificou com os brasileiros, conta que pretende produzir conteúdo especial para o país e se emociona ao falar do pai

Por: Juliana Deodoro - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Apenas dois dias após chegar a São Paulo, o apresentador Buddy Valastro já pensa em retornar mais vezes ao país. O confeiteiro-celebridade do programa Cake Boss, do canal Discovery HomeHealth, ficou impressionado com o sucesso. "Deveria abrir uma confeitaria em São Paulo, ficaria bem cheia", brincou durante coletiva de imprensa na cidade na manhã desta terça-feira (22). "Mas vamos pensar em como produzir conteúdo especial para o Brasil e potencialmente filmar aqui."

+ Cake Boss visita Figueira Rubayat e aprende a fazer brigadeiro

+ “Não saio daqui sem ir a uma churrascaria”, diz o Cake Boss

No último domingo, o trânsito da Marginal Pinheiros ficou congestionado por causa da grande quantidade de fãs que tentavam acompanhar a apresentação de Buddy no palco montado no Shopping Eldorado. Na segunda-feira (21), ele aproveitou para provar brigadeiro na Anusha Chocolates.

+ Uma entrevista com os atores de Castelo Rá-Tim-Bum

O astro da TV disse que chorou quando subiu ao palco. "Está sendo uma viagem muito especial. Queria dar um abraço em cada um que estava lá. Fico feliz que eles me conheceram, puderam saber quem sou e ver que somos parecidos."

+ Churrascarias em rodízio para comer à vontade

Enquanto respondia às perguntas, o confeiteiro decorava um bolo em uma bancada. Segundo ele, desde que chegou ao Brasil, há três dias, a popularidade também se refletiu nas redes sociais. "Ganhei mais de 30 000 seguidores no Instagram." Antes de deixar o país, porém, ele quer fazer o passeio que vem desejando desde que saiu dos Estados Unidos. "Vou almoçar em um rodízio de churrasco. Temos algumas churrascarias em New Jersey, vou provar se elas são boas mesmo."

Família

Para o confeiteiro, o motivo para tanto sucesso é o fato de o programa não ser apenas sobre bolos, mas sobre a família. "Não importa a sua religião, cultura ou país. Há sempre um denominador comum, que é a família. Meu show fala disso."

+ Confira o que acontece agora na cidade

Durante a entrevista, ele se emocionou ao contar um episódio que aconteceu logo depois da morte de seu pai. Na ocasião, um jardineiro apareceu na casa da família e se ofereceu para plantar flores no jardim antes do velório. "Ele se dispôs a passar a noite inteira, no meio do inverno, furando o chão, plantando flores. Ele era amigo do meu pais e disse: quando o chefe [o pai de Buddy] vir aqui pela última vez, a casa estará perfeita." O apelido Buddy, que inglês significa amigo, foi dado ao pai do confeiteiro, que o passou ao filho.

Fonte: VEJA SÃO PAULO