La Madonnina Ravioli

Tipos de Restaurantes: Italianos
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Avenida Hélio Pelegrino, 204 - Vila Nova Conceição - São Paulo - SP ver no mapa
Estabelecimento fechado

    Comer e beber

    • 2015 - Participante

      Restaurantes italianos Comer & Beber .

      O nome da casa já revela quem está por trás do negócio: o restaurateur Roberto Ravioli. Não falta graça ao salão de pé-direito alto, iluminado indiretamente através de uma parede composta de 12 000 garrafas de vinho. Enquanto provam um rótulo italiano — maioria na carta —, casais na faixa dos 50 anos e grupos de amigos podem experimentar pratos bem executados. Boa entradinha para os dias frios, a polenta mole gratinada com queijo gorgonzola (R$ 29,00) chega à mesa fumegante. Da seção de massas, vale pedir o tortellini recheado de vitela e lombo montado numa massa delicada e servido mergulhado num saboroso consomê de galinha caipira (R$ 42,00). Em medalhão alto e perfeitamente ao ponto, o filé-mignon ao molho de cogumelo porcini ganha a companhia de risoto de queijo parmesão (R$ 75,00). Como opção sazonal, pode aparecer a porchetta ao forno servida com batata (R$ 68,00). Antes da primeira colherada no tiramisu (R$ 24,00), observe como as camadas bem delineadas são visíveis pela lateral do copo de vidro — é de comer com os olhos. (Preços checados em setembro/outubro de 2015).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2014 - Participante

      Restaurantes italianos Comer & Beber .

      Antes de cruzar a porta de entrada, repare na bela e pequena imagem de Nossa Senhora que decora a casa, obra do artista italiano Enzo Venturini. No charmoso salão de pé direito alto com uma sala lateral ajardinada, a proposta do restaurateur Roberto Ravioli é oferecer uma culinária mais refinada do que em seu antigo restaurante, o Empório Ravioli, endereço da Vila Olímpia com pinta de trattoria. A porchetta (R$ 32,00), fria e parecida com um presunto cozido servida no pão, pode funcionar como uma boa entrada. De uma doçura divina, o tortelli de abóbora é banhado por um untuoso molho de manteiga com sálvia frita e crocante (R$ 48,00). O filé-mignon coberto por queijo gorgonzola doce tem a companhia do ótimo risoto de açafrão (R$ 68,00). Encerre com o creme de mascarpone com castanha portuguesa e chocolate (R$ 24,00). Competente, o serviço de vinhos é conduzido por José Antonio Souza Filho, o Zequinha, e pelo italiano Gianluca Casagrande. (Preços checados em setembro/outubro de 2014.)

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2014 - Vencedor

      Votação popular - restaurantes sommelier do ano Comer & Beber .

      Antes de cruzar a porta de entrada, repare na bela e pequena imagem de Nossa Senhora que decora a casa, obra do artista italiano Enzo Venturini. No charmoso salão de pé direito alto com uma sala lateral ajardinada, a proposta do restaurateur Roberto Ravioli é oferecer uma culinária mais refinada do que em seu antigo restaurante, o Empório Ravioli, endereço da Vila Olímpia com pinta de trattoria. A porchetta (R$ 32,00), fria e parecida com um presunto cozido servida no pão, pode funcionar como uma boa entrada. De uma doçura divina, o tortelli de abóbora é banhado por um untuoso molho de manteiga com sálvia frita e crocante (R$ 48,00). O filé-mignon coberto por queijo gorgonzola doce tem a companhia do ótimo risoto de açafrão (R$ 68,00). Encerre com o creme de mascarpone com castanha portuguesa e chocolate (R$ 24,00). Competente, o serviço de vinhos é conduzido por José Antonio Souza Filho, o Zequinha, e pelo italiano Gianluca Casagrande. (Preços checados em setembro/outubro de 2014).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2013 - Participante

      Restaurantes italianos Comer & Beber .

      Ao contrário das outras casas abertas pelo arquiteto Roberto Ravioli — o Empório Ravioli e o extinto Ravioli Cucina Casalinga —, esta tem cardápio diferente e mais refinado. Em um ambiente para lá de agradável, com mesas em uma varanda e salão decorado por um gigantesco arranjo de limões-sicilianos, come-se primeiro um vitelo tonatto clássico (carne em lâminas frias e finas enfeitadas por um quadriculado de maionese de atum). Custa R$ 41,00, o mesmo preço cobrado por outra entrada, o ovo servido em uma panelinha com generosa quantidade de creme de cogumelo. Preparado com massa fresca e al dente, o pappardelle não muito largo tem como complemento um delicioso ragu de pato (R$ 51,00). Úmido e aromático, o stinco de porco é cercado por um colar de batatas noisettes crocantes e minicebolas (R$ 59,00). Serviço de vinho feito com personalidade pela dupla José Antonio Souza Filho, o Zequinha, e o italiano Gianluca Casagrande. (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2013 - Vencedor

      Votação popular - restaurantes sommelier Comer & Beber .

      Ao contrário das outras casas abertas pelo arquiteto Roberto Ravioli — o Empório Ravioli e o extinto Ravioli Cucina Casalinga —, esta tem cardápio diferente e mais refinado. Em um ambiente para lá de agradável, com mesas em uma varanda e salão decorado por um gigantesco arranjo de limões-sicilianos, come-se primeiro um vitelo tonatto clássico (carne em lâminas frias e finas enfeitadas por um quadriculado de maionese de atum). Custa R$ 41,00, o mesmo preço cobrado por outra entrada, o ovo servido em uma panelinha com generosa quantidade de creme de cogumelo. Preparado com massa fresca e al dente, o pappardelle não muito largo tem como complemento um delicioso ragu de pato (R$ 51,00). Úmido e aromático, o stinco de porco é cercado por um colar de batatas noisettes crocantes e minicebolas (R$ 59,00). Serviço de vinho feito com personalidade pela dupla José Antonio Souza Filho, o Zequinha, e o italiano Gianluca Casagrande. (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2012 - Participante

      Restaurantes italianos Comer & Beber .

      Terceira casa aberta pelo arquiteto Roberto Ravioli com seu sobrenome. A primeira delas foi o Empório Ravioli, na Vila Olímpia, em atividade há catorze anos. Depois veio o Ravioli Cucina Casalinga, aberto em 2006. Se nos endereços anteriores os menus eram quase idênticos, aqui há pratos exclusivos. No estilo do Harry’s Bar de Veneza, oferece um ótimo canelone recheado de ricota, queijo gruyère e espinafre ao aroma de pimenta-caiena e banhado em um suave molho de tomate. Pela delicadeza, também encanta o bollito de frutos do mar, um cozido de robalo, vôngole, camarão e lula. O tenro coelho assado vem regado a um molho intenso da própria carne com vinho tinto e tem a companhia de purê de batata trufado. De sobremesa, peça o suflê de chocolate amargo coberto por queijo mascarpone. Na carta de vinhos, predominam rótulos italianos, entre eles o Chianti Vernaiolo 2010.

      Veja SP

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá, ( log out )

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s